Duplicação da rodovia Euclides da Cunha está 98% concluída

Jornal A Cidade

Tendo como último prazo de conclusão definido pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem) para setembro deste ano, a duplicação da rodovia Euclides da Cunha (SP-320) está com 98% das intervenções concluídas.

Já a duplicação da Péricles Belini (SP 461) termina em dezembro. Enquanto a obra continua, Votuporanga tem uma de suas principais saídas fechada.
O DER faz fiscalizações diárias para verificar a qualidade dos serviços de terraplanagem, pavimentação, drenagem e outros, prestados pelas empresas.

Em Votuporanga, a duplicação da Euclides da Cunha tem como trecho ainda em obras o que compreende o quilômetro 520, onde está sendo construído um pontilhão, que vai ligar a avenida Wilson Foz à Zona Norte da cidade.

Neste mesmo local, antes do início da obra, a cidade tinha uma de suas saídas para o sentido Valentim Gentil, que foi interditada e ainda não voltou a funcionar. De acordo com o DER, esta questão somente será resolvida após a desapropriação judicial de um imóvel localizado no quilômetro 520.

A Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria de Trânsito, Transporte e Segurança junto com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, informou que são feitas reuniões com o DER para discutir as possibilidades de abertura do acesso em questão.

Porém, as obras não foram finalizadas, tendo em vista que ainda está em fase de construção o pontilhão que ligará a avenida Wilson de Souza Foz com a avenida Nasser Marão (Zona Norte).

“Para abertura do acesso à rodovia é necessário que esta obra já esteja totalmente concluída para não colocar em risco a segurança de quem transitar no local”, informou a Prefeitura

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password