Dona de casa espancada após boatos no Facebook morre no hospital

A dona de casa Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos, espancada por um grupo de moradores do Guarujá, litoral paulista, na noite de sábado, morreu na manhã desta segunda-feira.

Ela foi amarrada e agredida porque teria sido confundida com uma mulher que havia sequestrado uma criança no bairro Morrinhos.

Segundo a equipe de investigação da delegacia do Guarujá, a vítima apresentava problemas mentais e não consta qualquer ocorrência ou acusação contra Fabiane. Também não há nenhum registro desses sequestros de crianças.

A agressão teria sido motivada por uma publicação em uma rede social. Na mensagem postada, o “Guarujá Alerta” mostrava a foto de uma mulher parecida com a que foi agredida. A imagem já foi retirada.

Em sua página, os administradores do “Guarujá Alerta” afirmam que estão colaborando com as investigações da polícia e que não vão se manifestar. Vários seguidores estão comentando, indignados, a morte da dona de casa após a publicação da foto.

O responsável pela página se apresentou à polícia na manhã desta segunda-feira e vai prestar depoimento.

A violência, registrada em vídeo por uma moradora, revoltou amigos e familiares da vítima que seria portadora de transtorno bipolar e passa por acompanhamento médico. Fabiane sofreu traumatismo craniano, chegou a ficar internada na UTI de um hospital no Guarujá, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com vizinhos, a mulher tinha duas filhas, uma de 13 anos e uma de apenas um ano.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password