Dise prende suspeito de tráfico de drogas em Nhandeara

Com ele foram encontrados 23 porções de crack, porção de maconha e dinheiro proveniente dos entorpecentes. Em sua casa foi encontrada uma pedra de crack de 0,35 gramas e duas balanças de precisão.

Depois de denúncias anônimas sobre o tráfico de drogas praticado por J.V.A.M, de 20 anos de idade, conhecido por “Joãozinho”, foram intensificadas diligências na sua residência localizada na Rua Marisa Aparecida Gasbarro, em Nhandeara. Ontem, por volta de 17h, após visualizar viciados adquirindo drogas das mãos do traficante, foram promovidas abordagens, primeiramente logrando encontrar uma pedra de crack em poder de um viciado, o qual acabara de adquirir a droga de ‘Joãozinho’. Diante das evidências, promoveu-se a abordagem de surpresa na casa de Joãozinho, onde além do traficante, foi ali abordado o viciado vulgo “Liquinha”. Em poder de Joãozinho foram encontradas 23 porções de crack, além de porção de maconha, dinheiro auferido com a venda de drogas e outros objetos relacionados. Enquanto eram feitas as buscas, outros viciados compareceram na casa para comprar entorpecentes e foram igualmente abordados, todos admitindo serem viciados em tóxico. Foram feitas buscas na casa de Joãozinho, terminando por encontrar uma pedra grande de crack, que resultou peso aproximado de 35 gramas, que renderia cerca de 160 invólucros para a venda, além de duas balanças digitais de precisão com resquícios de crack. O local onde era praticado o tráfico de drogas está relacionado com o disposto no artigo 40, III da Lei de tóxicos, porque nas imediações existem instituições de ensino, lazer e religiosa. Em relação a conduta praticada pelos viciados, foi lavrado o devido Termo Circunstanciado  que será encaminhado ao JECRIM da Comarca de Nhandeara, porque em poder de ambos foram apreendidas drogas para o consumo próprio. J.V.A.M. foi autuado pelo Delegado da DISE, Antonio Marques do Nascimento, em flagrante delito por infração, sendo recolhido na Cadeia local de onde será posteriormente encaminhado ao Centro de Detenção Provisória ficando à disposição da Justiça. Paola Munhoz/Votunews

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password