Deputado Dado: homenagem a Altino Ferreira

Altino Ferreira

O Deputado João Dado – PDT/SP pronuncia o seguinte discurso:

 Sr. Presidente,

Sras. e Srs. Deputados,

Altino Ferreira, finado no último dia 03, é o exemplo de alguém que, mesmo aos 83 anos, ainda tinha a lhe mover o espírito empreendedor, sempre norteado por preceitos cristãos.

“Seo” Altino, como era conhecido na região, ficou viúvo aos 30 anos e assumiu todas as responsabilidades de criação de seus quatro filhos pequenos, permanecendo solteiro até o casamento de sua filha caçula, dedicando-se, por quase vinte anos, exclusivamente aos cuidados com sua família.

O destino levou-o a conhecer e casar-se com Célia Figueiredo, que o acompanhou pelo resto da vida e com quem amadureceu os laços de união familiar.

Altino, apesar de não ter tido acesso aos bancos escolares durante a infância, tinha um excelente timbre comercial. Construiu sozinho seu patrimônio e vendia, dentre outras mercadorias, artefatos de madeira, tornando-se bastante conhecido em diferentes regiões do interior paulista.

Natural de Planalto, residia em Votuporanga há 41 anos e era católico praticante desde a juventude. “Não há um bom cristão que não tenha amor pelo trabalho”, orgulhava-se. A igreja estava sempre em primeiro lugar. Recebeu o título de “Gente de Bem”, que ostentava em um quadro na parede de sua casa.

Altino Ferreira marcou a história da cidade de Votuporanga e regiões adjacentes não apenas por suas conquistas, mas por seu bom exemplo de vida, de humildade e dedicação à família.

Pai do nosso fraterno amigo, João Carlos Andrioli Ferreira, diretor do Jornal e Rádio “A Cidade”, o Sr. Altino merece essa nossa homenagem, por ter sido, em vida, um exemplo de retidão e solidariedade.

 

João Dado

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password