Diretoria quer reapresentação do elenco para 2 de janeiro

Elenco alvinegro deve se reapresentar no dia 2 de janeiro para a preparação do Campeonato Paulista da Série A3

Após a definição da data do jogo de estreia no Campeonato Paulista da Série A3, a diretoria do Clube Atlético Votuporanguense prepara para a reapresentação do elenco no dia 2 de janeiro de 2015. Com isso, a comissão técnica teria cerca de um mês para trabalhar a parte física dos jogadores. De acordo com o presidente alvinegro, a folha salarial do time depende dos patrocínios fechados, mas a formação de uma equipe competitiva deve ficar em torno de R$ 90 a R$ 100 mil.

“Pelas experiências passadas, sabemos que para ter um time competitivo se gasta cerca de R$ 70 mil com jogadores e R$ 20 mil com comissão técnica. A Votuporanguense ainda não tem uma previsão de patrocinadores, vamos começar praticamente do zero de novo. A ajuda vinda do programa sócio-torcedor também será fundamental para a montagem do nosso elenco”, analisou Marcelo Stringari.

O cartola também comentou sobre os bastidores do Conselho Técnico, que reuniu na tarde de ontem os 20 presidentes e representantes de times da divisão. “Pelas conversas, vimos que alguns times como o Taubaté, Nacional e Sertãozinho irão investir para buscar o acesso. Principalmente o Taubaté que estará no ano de seu centenário e terá um patrocinador forte por trás. O comentário é que terão uma folha de pagamento de R$ 150 mil”, revelou.

De acordo com o presidente do CAV, a maioria dos clubes falam em investimentos em torno de R$ 70 e R$ 80 mil para a Série A3. Sobre os reforços da Alvinegra, ele conta que a movimentação já começou. “Já estamos fazendo contatos. Meu telefone toca o dia todo com jogadores demonstrando interesse em vir jogar na Votuporanguense. Ainda não temos nomes em vista, mas nesta semana iremos sentar com o técnico Marcelo Henrique e ver o que ele pensa em relação as posições que precisam ser reforçadas”, afirmou.

Adriano Paulista

Questionado sobre a vinda do meia Adriano Paulista, que nesta Copa Paulista atuou pela Ferroviária e chegou a ser um pedido da torcida, o presidente disse que estava em frequente contato com o jogador, mas o negócio esfriou pelo interesse de um clube grande de fora do estado. A chegada de um camisa 10 segue sendo a prioridade tanto da diretoria quanto da torcida alvinegra. Fábio Ferreira/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password