Diretoria da Votuporanguense confirma zagueiros Rufino e Alex para A-3

A diretoria do Clube Atlético Votuporanguense divulgou ontem os primeiros nomes do elenco, que vai dusputar a Série A3 do futebol de São Paulo no ano que vem. São eles os zagueiros Rafael Rufino e Alex, que foram titulares na defesa alvinegra na maior parte da Segundona. Ontem, o elenco foi dispensado para as eleições e retorna aos treinos no ínicio da próxima semana, focado nas partidas decisivas contra o São Vicente.
A informação sobre a confirmação dos zagueiros foi dada ontem, com exclusividade, pelo repórter da Rádio Cidade, Flávio Santos, após ter sido confirmada por um dos diretores do CAV, Cabo Valter Pereira. O acerto com Rufino foi feito antes da folga dos jogadores. Já Alex, que sofreu uma lesão no joelho no clássico contra o Fefecê em Fernandópolis, no dia 9 de setembro, tem sua recuperação mantida pela Votuporanguense e deve retornar aos campos apenas em fevereiro. mesmo assim, o atleta só não permanece se não quiser.
Também está sendo conversada a permanência no zagueiro Kelis. Segundo Flávio Santos, Rufino, Alex e Kelis foram muito elogiados por Cabo Valter. Outro reforço pode ser o atacante Rudimar, que recebeu proposta da Votuporanguense, que aguarda a resposta.
Ao jornal A Cidade, outro diretor, José Ricardo Rodrigues da Cunha, o “Mineiro”. afirmou que a intenção da direção é manter no elenco os melhores jogadores, contratar destaques de outros times rivais e formar uma equipe forte, visando a Série A2 em 2014. “Tudo que tem de bom hoje no Clube Atlético Votuporanguense será mantido. Eu não vou citar os nomes, mas os melhores jogadores que temos aqui. Também estamos conversando com os melhores jogadores dos nossos rivais. Vamos montar uma equipe para subir, competitiva,  para buscar o acesso.
Estádio liberado
No fim da tarde da última segunda-feira foi realizado mais um julgamento no TJD (Tribunal de Justiça Desportiva), na sede da Federação Paulista de Futebol. Finalista da Segunda Divisão do Campeonato Paulista, o time de Votuporanga foi julgado no artigo 213-III (Deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir: lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo) e absolvido. Desta maneira, a Votuporanguense poderá decidir o título da Segunda Divisão jogando em casa.
Jogo na Vila?
Um rumor divulgado ontem por um site de notícias colocou em dúvida o local da partida de ida da decisão da Segundona. De acordo com a nota, a diretoria do São Vicente estaria pensando na possibilidade de mandar seu jogo na Vila Belmiro, em Santos, de olho em aumentar a bilheteria. A reportagem do A Cidade entrou em contato com um diretor do São Vicente, Marcus Martiniano, que negou a notícia.
Segundo Silva, é interesse do São Vicente que o jogo seja realizado no estádio do clube, e não no município vizinho. O diretor afirmou que desconhece o assunto e que foi à Federação, no congresso, justamente para lutar pelo jogo em São Vicente, que quer o jogo lá, e que vai deixar o estádio no jeito para a final e para a dispita na A3, “O jogo será em São Vicente, em respeito ao nosso torcedor”, afirmou Marcus Martiniano.  Jociano Garofolo garofolo@acidadevotuporanga.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password