Dinheiro pago por merenda escolar que não foi entregue abasteceu agentes públicos e empresários em SP, diz PF

Vinte suspeitos foram presos nesta terça-feira (26) na Operação Cadeia Alimentar II. Ao todo, foram cumpridos 55 mandados de busca e apreensão em 27 municípios paulistas.

Agentes públicos e empresários alvos da Operação Cadeia Alimentar II, deflagrada nesta terça-feira (26) em 27 cidades paulistas, chegaram a repartir entre si 100% do dinheiro pago por prefeituras para o fornecimento de merenda escolar de escolas públicas, segundo o delegado da Polícia Federal, Bruno Rigote.

O produto comprado, no entanto, sequer era entregue, conforme apontou a investigação. O acordo fechado entre os suspeitos previa que metade do valor ficasse com o empresário, enquanto a outra metade era repassada ao servidor ou até mesmo ao prefeito.

Alguns contratos com irregularidades chegam a R$ 10 milhões. O Ministério Público Federal (MPF) e a PF apontam que as fraudes atingem de 10% a 14% dos contratos analisados. Ainda não há um balanço final do valor desviado dos cofres públicos.

Apesar de os produtos pagos não terem sido fornecidos, o delegado disse que a PF não tem informação sobre a falta de alimentos nas escolas das cidades alvo. “Foi observado que havia prejuízo na qualidade da merenda oferecida na rede pública.”

Alvos

Cerca de 240 policiais prenderam 20 suspeitos e cumpriram 55 mandados de busca e apreensão. Sete investigados são foragidos, mas dois deles devem se apresentar na quarta-feira (27). As ordens de prisão temporária foram expedidas pela 4ª Vara da Justiça Federal de Ribeirão Preto/SP. Também foi determinado o bloqueio no valor de R$ 2 bilhões em bens.

Os presos foram levados para as sedes da PF em Santos, São Paulo, Piracicaba, Sorocaba, Campinas, Araraquara e Ribeirão Preto.

Cidades alvos nesta terça-feira

  • Americana: 3 mandados prisão e 3 busca/apreensão;
  • Atibaia: 1 mandado de prisão e 1 busca/apreensão;
  • Campinas: 1 mandado de prisão e 1 busca/apreensão;
  • Cotia: 1 mandado de prisão e 1 busca/apreensão;
  • Cubatão: 1 mandado de prisão e 4 busca/apreensão;
  • Franca: 2 mandados de prisão e 3 busca/apreensão;
  • Garça: 1 mandado de busca/apreensão;
  • Guarujá: 2 mandados de busca/apreensão;
  • Itapevi: 1 mandado de prisão e 1 busca/apreensão
  • Jandira: 1 busca/apreensão;
  • Matão: 1 mandado de prisão e 2 busca/apreensão;
  • Orlândia: 1 mandado de busca/apreensão;
  • Osasco: 1 mandado de busca/apreensão;
  • Paulínia: 4 mandados de busca/apreensão;
  • Praia Grande: 2 mandados de busca/apreensão;
  • Rio Claro: 1 mandado de prisão e 1 busca/apreensão;
  • Santos: 2 mandados de prisão e 2 busca/apreensão;
  • São Carlos: 1 mandado de prisão e 1 busca/apreensão;
  • São Joaquim da Barra: 1 mandado de prisão e 1 busca/apreensão;
  • São José do Rio Preto: 1 mandado de prisão e 1 busca/apreensão;
  • São Paulo: 3 mandados de prisão e 8 busca/apreensão;
  • São Roque: 2 mandados de prisão e 3 busca/apreensão;
  • São Vicente: 2 mandados de prisão e 5 busca/apreensão;
  • Sorocaba: 1 mandado de prisão e 2 busca/apreensão;
  • Sumaré: 1 mandado de prisão e 1 busca/apreensão;
  • Taquaritinga: 1 mandado de prisão e 3 busca/apreensão;
  • Votorantim: 1 mandado de busca/apreensão.

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mim Perdeu sua senha?

    Lost Password