Dinheiro ‘gringo’ vai bancar reforma em rodovias da região

Estado faz empréstimos para reformar rodovias na região. Início das obras só deve acontecer no segundo semestre do ano que vem

Duas das principais rodovias da região de Votuporanga – a Péricles Bellini (SP-461) e a Feliciano Sales Cunha (SP-310) – serão reformadas a partir do segundo semestre do ano que vem. Os R$ 239 milhões necessários para as obras serão financiados por dois bancos internacionais com sede nos Estados Unidos.

Já a vicinal Adriano Pedro Assim a chamada Estrada do 27–conhecida há anos pela quantidade de buracos que dificultam o trânsito no local não será contemplada pelos contratos. (Leia mais abaixo)

Os valores que vão custear as melhorias nas duas rodovias serão emprestados ao governo do Estado de São Paulo pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pelo Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento e Agência Multilateral de Garantia de Investimento (Bird e Miga).

De acordo com o contrato assinado pelo governador Geraldo Alckmin ontem, em Nova York, serão construídas faixas adicionais (terceira faixa) ao longo da Péricles, que também terá a pista e o acostamento recapeados.

As intervenções serão feitas no trecho de 70,6 quilômetros entre o cruzamento com a SP-310 (em Nhandeara) e o acesso a Cardoso, passando por Votuporanga e Álvares Florence.Oprazo previsto para a conclusão da obra é de um ano e meio e começa a contar após a divulgação do resultado da licitação.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Logística e Transportes do estado, o projeto executivo já está sendo elaborado e deve ser concluído no primeiro semestre no ano que vem. Só então será aberta o processo licitatório para as intervenções, que devem começar no segundo. A obra tem valor previsto de R$ 105,8 milhões e é financiada pelo Bird Miga.

Outro contrato assinado por Alckmin em setembro – esse junto ao BID – prevê também reformas para na Feliciano, em trecho de 64,1 quilômetros entre Mirassol e Sebastianópolis do Sul, que passa por Neves Paulista, Poloni, Monte Aprazível, Nhandeara. Será feito o recapeamento da pista e a pavimentação do acostamento dos dois lados da via.

Contratos

A reforma da Péricles Belini é parte de um financiamento de US$ 300 milhões (aproximadamente R$ 710 milhões) junto ao Bird e Miga para a realização de 12 obras de modernização e melhorias em rodovias que pertencem ao estado ( não foram concedidas a iniciativa privada).

Para a região Noroeste do estado serão destinados R$ 158,7 milhões para obras na Péricles Bellini, na João Martini Calbo (na região de Catanduva), rodovia de acesso João Neves e Rodovia (entre Potirendaba e Cedral) e na João Pedro de Rezende (entre Monte Aprazível e Nipoã).

Estrada do 27

Na última visita do governador Geraldo Alckmin a Votuporanga, o prefeito Junior Marão reivindicou a recuperação da vicinal e, em conversa reservada, segundo a assessoria, o governador disse que já havia autorizado ao DER (Departamento de Estradas de Rodagem) a contratar empresa para elaborar o projeto executivo para viabilizar a obra. Mas oDERinformou, posteriormente, que “não cabe ao departamento a responsabilidade pela manutenção e pela realização de obra na via”, consta na nota.

Ademir Terradas
ademir.terradas@diariodaregiao.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password