DIG prende criminosos que fraudavam vestibulares de medicina

FERNANDÓPOLIS – O cirurgião dentista J.P.M.S., de 56 anos, o comerciante C.E.V., 46, ambos de Itápolis e F.A.C, 70, de Goiânia-GO, foram presos pela DIG-Delegacia de Investigações Gerais de Fernandópolis nesta terça-feira, dia 31.Um quarto suspeito ainda está foragido da justiça.

Eles são acusados de liderar uma quadrilha que fraudava vestibulares em todo o país, inclusive o da Unicastelo de Fernandópolis, cujo crime foi deflagrado em outubro de 2014.

O trio ficará detido na cadeia pública de Guarani D´Oeste e pode pegar de 5 a 8 anos de prisão, por formação de quadrilha.

A prisão dos indivíduos foi decretada pelo juiz Vinícius Castrequini Buffulin na última sexta-feira(26), mas eles foram presos somente na tarde de ontem.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password