Dia Mundial da Luta Contra a Aids: testes rápidos serão ofertados no Parque da Cultura

Ação das 18h às 21h encerra 10ª edição da Campanha Fique Sabendo, iniciada na última segunda-feira 927/11) pela Secretaria da Saúde

O Dia Mundial da Luta Contra a Aids é celebrado nesta sexta feira (1º/12). Em Votuporanga a data será marcada com o encerramento da 10ª Campanha Fique Sabendo, uma ação promovida pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal da Saúde desde a última segunda-feira (27/11).

O calendário foi estabelecido pelo Programa Estadual de IST/Aids e pela Coordenação Municipal IST/Aids disponibilizando testes rápidos e gratuitos de HIV e sífilis nas unidades de saúde, das 7h às 17h.

Ainda nesta sexta-feira, a Campanha Fique Sabendo será realizada “extramuros”, das 18h às 21 h, no Parque da Cultura em parceria com o Cras (Centro de Referência de Assistência Social) da região leste. Toda a população que passar pelo local poderá ser submetida gratuitamente aos testes rápidos de HIV e sífilis. Outra ação a ser realizada fora da unidade, serão os atendimentos internos voltados para funcionários da empresa Pacaembu. 


Conscientizar a população sobre uma das doenças que mais mata no mundo é um dos objetivos da data. A enfermeira e coordenadora do Programa Municipal da IST/Aids no município, Léa Bagnola, conta que esta é uma oportunidade não só para reforçar e informar as pessoas sobre os sinais e as formas de prevenção à Aids e outras IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis). “Nós como profissionais do serviço público de saúde temos o dever de auxiliar no combate contra o preconceito que os portadores de HIV ainda sofrem na sociedade nos dias de hoje por causa da doença”.


A Coordenação Municipal IST/Aids vem intensificado as estratégias de prevenção e o incentivo ao tratamento, possibilitando acesso ao diagnóstico precoce da Aids e da sífilis. De acordo com a enfermeira coordenadora, no entanto, muitas pessoas ainda desconhecem seu status sorológico por não realizarem os testes. “Essa situação coloca a Aids entre as cinco principais causas de morte do Estado, mesmo assim, os números comprovam uma queda de 30% na taxa de incidência de Aids nos últimos 10 anos e uma redução nas taxas de mortalidade de 72% em 20 anos”.


As ações visam atingir até 2020 a meta 90/90/90 do Departamento Nacional de IST/Aids e Hepatites Virais e UNAIDS, que consiste em 90% das pessoas portadores do vírus estarem diagnosticadas e sabendo de seu quadro clínico; 90% dos portadores do vírus estarem em tratamento com antirretrovirais ininterruptamente; e, por fim, 90% dos portadores em tratamento, com carga viral suprimida levando a níveis indetectáveis. 


Sífilis

Os números da sífilis também são preocupantes. Análises epidemiológicas entre os anos de 2007 e 2015, notificaram 113 mil casos da doença somente no estado de São Paulo, um aumento de 9,7 vezes no número de infectados. Os casos no sexo masculino somam 61,3% destes números. 



Dezembro Vermelho

Com o foco na prevenção, promoção e assistência aos direitos das pessoas portadoras do vírus HIV/Aids, o Senado aprovou no último mês de outubro, a Lei Nº. 13.504, instituindo a Campanha Nacional de Prevenção ao HIV/Aids e outras infecções sexualmente transmissíveis. 


Eventos, ações e mobilizações como iluminação de prédios públicos com luzes na cor vermelha, veiculação de campanhas na mídia, diversas palestras e atividades educativas serão promovidas nacionalmente e com o apoio do poder público, sociedade civil e organismos internacionais. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password