Dezembro vem com aumento nas vendas de Natal

Lojistas tem expectativa de crescimento de até 20% nas movimentações; empresas esperam recuperar o déficit do ano

As expectativas para o aumento de vendas na temporada do Natal é sempre muito esperada. Neste ano, o comércio sentiu uma forte queda nos números. Considerando a crise geral que afetou o país, muitos culpam a Copa, outros a inflação, fatos que não podem ser desconsiderados, o caso é, dezembro vai recuperar as percas no ano todo.

Para Márcio Henrique Ramalho Matta, presidente da Associação Comercial de Votuporanga (ACV),  a expectativa geral para o comércio é de um crescimento perto dos 5% com relação ao ano anterior. Parece um número pequeno, mas tem uma importância significativa para o setor. “Esta é a temporada mais importante do ano em vendas, é tempo de recuperar os números de um ano muito difícil, então é valido que os empresários invistam em suas lojas, seus produtos e nos funcionários”.

Ele falou ainda da importância da contratação temporária e lembra que a ACV há dois meses disponibiliza gratuitamente para seus associados, o departamento de Recursos Humanos, que faz o auxílio das contratações para as temporária e efetivas. “É necessário investir em treinamentos, para melhor atender um público que fica mais exigente a cada dia”, disse.

A esperança de crescimento nas vendas para esse período é grande, de modo geral o comércio acredita que os números aumentem. Empresários chegam a falar em 20 ou 30%, levando em consideração que o 13° salário já está aí para aquecer o mercado, inclusive já se nota mudanças antes mesmo do horário especial começar.

Hoje será o primeiro dia que as lojas ficarão abertas até as 18h, no sábado e a partir de segunda ate as 22h de segunda a sexta.

Emprego

Como todos os anos, as contratações temporárias movimentam nesta temporada e em alguns casos, desde outubro algumas lojas aumentaram o quadro de funcionários, pretendendo estender até o fim de fevereiro em alguns seguimentos. Como é o caso da loja Impress,que iniciou em novembro as suas contratações, porém estenderá até o fim de fevereiro, pois além do Natal à volta as aulas também movimentam o seu seguimento e faz os números crescerem.

Expectativas

Joana Chinilas, gerente da Moda KA, fala em um aumento perto dos 20% e contam que já contrataram 13 funcionários, entre eles segurança, caixa, vendedores, tudo para garantir um bom atendimento.

Mary Oliveira, proprietária da Griffe, conta que já sentiu uma melhora significativa nas vendas e a Griffe MensWaer, teve um número ainda melhor. “Para os homens é mais fácil presentear, além de estarem mais vaidosos”, disse. Já nos preparamos com 2 temporários, um para cada loja além da coleção exclusiva para atender homens e mulheres.

Eddy Luis, diretor de marketing Doidão, conta que já fizeram oito novas contratações, que ficarão até janeiro podendo ser efetivados. “Temos uma expectativa de crescimento em torno de 10%. Só neste ano, o Doidão investiu em produtos natalinos, decoração e brinquedos, tudo para compor os 33 mil itens que a loja oferece para os clientes. Enfim, aguardamos confiante o período de Natal”. Da Redação A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password