Detroit: futuro próximo tem carro a hidrogênio e consumo de 52 km/l

Os salões de automóveis sempre apontam para o futuro da indústria com os chamados carros-conceito, aqueles em que os times de design ficam livres para exercer criatividade sem pensar no custo. No entanto, atualmente os conceitos mostram um futuro muito mais próximo da realidade. Em Detroit, o primeiro evento da indústria no ano, as fabricantes exibiram ideias focadas em propulsores híbridos, com autonomia para até 52 km/l, e até de hidrogênio – uma promessa antiga, mas que a Toyota promete concretizar em 2015.

 

“Estamos mostrando um vislumbre bastante concreto do futuro próximo com este carro”, afirmou Ulrich Hackenberg, membro do conselho da Audi e especialista em desenvolvimento, ao lançar o Allroad Shooting Brake Concept. Como está na moda, ele é um crossover, um misto de carro urbano com utilitário esportivo, mas combina motor a combustão e dois elétricos para conseguir uma autonomia de 52 km/l de gasolina. Ou seja, com um tanque ele é capaz de percorrer 820 km, e ainda atinge 250 km/l de velocidade máxima (limitada eletronicamente).

 

Na mesma linha, a Volkswagen mostrou um Fusca “offroad” como conceito, mas ressaltou que ele está “praticamente pronto para produção”. Dentro dos crossovers, a Jaguar mostrou o C-X17, que teve sua primeira aparição no ano passado como “estudo” com quatro lugares, mas que já ganhou uma versão com os cinco assentos, mais perto da produção. A estande da Nissan em Detroit foca apenas os “conceitos”, com a estreia global do Sport Sedan, que indica o futuro do Maxima, e por consequência dos modelos disponíveis no Brasil, como Altima e Sentra.

 

 

 

Por fim, talvez a mais ousada das propostas, a Toyota trouxe também da CES o conceito FCV movido a hidrogênio, com autonomia de quase 500 km. Segundo a montadora japonesa, a tecnologia estará disponível no próximo ano em Los Angeles (EUA), onde que o mercado inicial para este automóvel será a Califórnia, onde será criada uma rede de postos de abastecimento de hidrogênio. Outra novidade da Toyota foi o FT-1, que saiu do mundo virtual, precisamente do jogo Gran Turismo. O conceito ganhou formas de esportivo que lembra e pode se tornar sucessor do Supra.

 

O jornalista viajou a convite da BMW do Brasil.

 

Terra

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password