Detento que matou companheira durante visita íntima alegou briga por ciúme 

Nicolly Guimarães Sapucci, de 22 anos, teve um traumatismo craniano durante visita no CDP de Jundiaí/SP. Caso será investigado pela DDM (Delegacia de Defesa da Mulher). 

Uma discussão por ciúme teria sido o motivo da briga entre a jovem de 22 anos morta pelo companheiro durante uma visita íntima no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Jundiaí/SP.  

No último domingo (27), uma discussão por ciúme teria sido o motivo da briga entre a jovem de 22 anos morta pelo companheiro durante uma visita íntima no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Jundiaí/SP. Segundo a Polícia Civil, a causa da morte foi um traumatismo craniano. 

De acordo com a delegada da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) de Jundiaí, Renata Yumi Ono, a vítima sofreu ferimentos graves e caiu de uma beliche onde estava com Michael Denis Freitas, de 25 anos. Ele cumpre pena por roubo desde 2018. Os dois estavam juntos desde 2017. 

Nicolly Guimarães Sapucci chegou a ser socorrida e levada ao Hospital São Vicente de Paulo com agressões graves no rosto, mas a jovem não resistiu. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Jundiaí e o enterro será em Bragança Paulista/SP, cidade onde está a família da vítima. 

O agressor foi autuado em flagrante por homicídio e, mesmo respondendo por roubo, teve a prisão convertida em preventiva pelo crime. Não há registro de agressões anteriores entre o casal. 

Ainda segundo a delegada, agentes penitenciários e o detento prestaram esclarecimentos no plantão policial. Durante o relato, Michael afirmou que a jovem tinha ciúme de um antigo relacionamento dele. 

“- Pelo que estamos reunindo e já recebemos de informações, a situação é ao contrário do que ele (Michael) disse. Quem tinha ciúme era ele”, diz. 

A investigação aguarda laudos do IML e do Instituto de Criminalística. O diretor do CDP também será ouvido para explicar sobre o procedimento de visitas na unidade. 

Em nota, a SAP (Secretaria de Administração Penitenciaria) informou que detentos pediram socorro alegando que uma visitante teria sofrido um acidente na cela. Ainda segundo a nota, o detento afirmou que derrubou a mulher da cama e a agrediu com socos e pontapés. 

Um Procedimento Apuratório Disciplinar e Preliminar foi aberto para averiguação dos fatos e o preso foi isolado preventivamente em cela disciplinar. Será solicitado ao juiz local a internação do rapaz em regime disciplinar diferenciado. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password