Descarte de lixo em terreno incomoda moradores

Multa para quem for flagrado jogando lixo irregularmente em lotes e áreas de proteção é equivalente a R$ 1.027,65

Moradores do bairro Monte Alto não aguentam mais o descarte irregular de lixo em um terreno na rua Presidente Dutra, ao lado do Cemei “Floriano Marzochi”. O lugar conta com uma placa dizendo que é proibido o descarte de qualquer material no lote, mas os moradores da cidade desrespeitam a determinação.

“Moro de frente a este terreno e sofro com o mau cheiro e os riscos de dengue. A agente de saúde passou e disse que tem gente com dengue ali perto, essa sujeira contribui com os casos de doentes. Até animal morto já deixaram lá. Descartam o lixo até de caminhões”, disse o senhor Antônio Carlos Rezende.

Segundo a Saev Ambiental (Superintendência de Água, Esgoto e Meio Ambiente), para a pessoa que for pega fazendo o descarte irregular de lixo existe multa, de acordo com a Lei nº 5.466, de 10 de junho de 2014, que altera a Lei nº 1595, de 10 de fevereiro de 1977 (Código de Posturas do Município de Votuporanga). A multa aplicada para quem for flagrado jogando lixo irregularmente em terrenos e áreas de proteção será no valor de 350 UFM (Unidades Fiscais do Município), equivalente a R$ 1.027,65, sendo dobrada a cada reincidência cumulativamente.

Quanto ao lixo descartado irregularmente no local, a Saev pediu a colaboração da população para que ajude caso veja alguém fazendo o descarte irregular e para que também não jogue lixo nas estradas e terrenos da cidade, pois como alternativa para o descarte de lixo, Votuporanga possui duas unidades do Ecotudo (um na Zona Norte e outro na Zona Sul) que foram estruturados pela Prefeitura e Saev Ambiental para receber todo tipo de resíduos gerados nas residências votuporanguenses, desde lixo comum (orgânico), produtos recicláveis, podas de árvores, até animais mortos (de pequeno porte), inclusive, uma das unidades fica próximo ao local do descarte irregular.

As duas unidades do Ecotudo ficam abertas das 8h às 20h e os resíduos levados pelo morador ao Ecotudo são separados e têm um destino ambientalmente correto e diferente de acordo com o tipo do material. O projeto faz parte da Política Municipal de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Urbanos, traçada pela Saev Ambiental, dentro do plano de governo da administração Junior Marão.

Endereços

O Ecotudo Sul atende na antiga Algodoeira Matarazzo ­ Avenida Conde Francisco Matarazzo, esquina com Avenida Francisco Bueno Baeza (da Coacavo), no Palmeiras I. Mais informações pelo (17) 3422-­2854. O Ecotudo Norte fica na Av. Sete, nº 2440, paralela à Jerônimo Figueira da Costa, no Distrito Industrial I. Leidiane Sabino/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password