Desafio das 52 semanas chama a atenção de jovens

No começo do ano, muitos fazem planos para os próximos 12 meses. E quase sempre, as pessoas buscam guardar dinheiro. Não é tarefa fácil separar mensalmente um valor do orçamento para fazermos um “pé-de-meia”, poupar exige muita disciplina, mas com o método de separar semanalmente pequenos valores você pode se surpreender com o montante de dinheiro que poderá juntar até o final deste ano.

 

É com esta ideia que o desafio das 52 semanas promete incentivar a guardar o dinheiro. Como o ano tem 52 semanas a ideia guardar o valor correspondente ao número da semana.

 
Como já se passaram duas semanas, você teria que guardar R$3 (R$1 da primeira semana e R$2 segunda) e, assim consequentemente, até chegarmos em dezembro e completar a 52ª semana será reservado R$52.

 
Pode parecer pouco, mas no final do ano terá R$1.378,00 (mil trezentos e setenta e oito reais) se esse valor estiver sendo depositado em uma conta poupança haverá rendimentos que podem fazer com que esse valor ultrapasse a marca de R$1.400.

 
Você tanto pode juntar esses valores em um cofre, como pode depositar em uma conta poupança para que vá rendendo ao longo dos meses.

 
Nos primeiros meses os valores são baixos e você depositá-los (no cofre ou na conta) de uma só vez. Em janeiro, por exemplo, são só R$15. Na primeira semana de março seu cofrinho deve ter R$55 (cinquenta e cinco reais), se sobrou alguma coisa do seu 13º (que você não vá usar para pagar os impostos de janeiro), adiante algumas semanas e passe a se concentrar nos meses seguintes quando os valores começam a aumentar.

 

Andressa Aoki – A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password