Buracos: DER libera rodovia Euclides da Cunha em Tanabi

O DER (Departamento de Estradas de Rodagens) liberou há poucos instantes o trecho da rodovia Euclides da Cunha -SP 320, em Tanabi.

 

A chuva desta madrugada abriu uma cratera na pista que liga Votuporanga a São José do Rio Preto e o trânsito foi desviado para a SP 461-  rodovia Péricles Bellini, sentido Nhandeara.

 

A empresa Consplan, que assumiu a manutenção da pista desde sua conclusão, montou um esquema para liberar a pista o quanto antes, o que foi feito por volta das 21h30, desta segunda-feira. A estimativa é que pelo menos metade dos 15 mil turistas que estão em Votuporanga passem pela região de Rio Preto na volta para casa.

 

Cratera

 

Dois buracos abertos pela chuva na madrugada desta terça-feira, 4, interditaram a pista da rodovia Euclides da Cunha (SP-320), sentido Votuporanga-Rio Preto, no km 479, em Tanabi. As crateras, uma de dimensões de 5 metros de largura por 3 metros de comprimento e a outra de 4 metros de largura por 4 metros de comprimento, se abriram em cima de uma galeria de água.

Segundo informações da Polícia Rodoviária, a primeira ocorrência foi registrada às 5h20. Dois caminhões e três carros de passeio se envolveram em acidentes no local, em um dos carros quatro pessoas ficaram levemente feridas, foram atendidas em Tanabi e liberadas. Um dos caminhões, carregado de leite, teve o eixo quebrado e precisou transferir a carga, cerca de cerca de 37 mil litros, para outro bitrem, para que a carga seguisse viagem para Catanduva.

Para evitar novos acidentes, a Polícia Rodoviária interditou a pista em frente ao Centro Integrado de Defesa e Controle do Tráfego Aéreo (Cindacta), e a orientação é para que os motoristas que vierem de Santa Fé do Sul, Fernandópolis e Jales, sentido Rio Preto, desviem por Votuporanga e sigam na rodovia Péricles Belini (SP-461) sentido Nhandeara, onde devem pegar a Feliciano Salles Cunha (SP-310) para Rio Preto.

A empresa Consplan, que assumiu a manutenção da pista desde sua conclusão, já tem uma equipe no local e afirma que tentará liberar a pista até as 18 horas, quando a maioria dos foliões do Bloco Oba, de Votuporanga, começa a retornar para suas cidades. A estimativa é que pelo menos metade dos 15 mil turistas que estão em Votuporanga passem pela região de Rio Preto na volta para casa.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password