DER diz que transtorno vai gerar benefícios à comunidade

O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) entrou em contato com o jornal A Cidade depois da matéria publicada, em 16 de maio, intitulada “Moradores sofrem com poeira e sinalização ruim”, para informar que, mesmo as intervenções na SP-461 (rodovia Péricles Bellini) causando transtornos para a população, o DER está constantemente monitorando a rodovia e junto com a Prefeitura facilitando os acessos para os moradores da região durante a obra de duplicação da pista.

 

 

O monitoramento por meio do DER é realizado com o objetivo de minimizar os transtornos aos motoristas e usuários da via. “Cabe ressaltar que a obra é antiga reivindicação da população local e trará melhorias na segurança e na trafegabilidade do trecho”, destacou o DER.

 

 

De acordo com o DER, as obras em andamento na rodovia Péricles Bellini, em Votuporanga, têm previsão de término para setembro deste ano.

 

 

O DER esclareceu que a SP-461 encontra-se com sinalização de obras, conforme as normas do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) resolução nº 39/98, e reforçou a importância da prudência do motorista nas estradas, do respeito à sinalização da via e limites de velocidade, e atenção ao realizar ultrapassagens e conversões.

 

 

Na matéria de quinta-feira, dia 16, os moradores do residencial Noroeste falaram que um dos principais problemas causados pela obra é a grande quantidade de poeira que ela causa, dificuldades o trânsito de veículos pelo desvio.

 

Eles comentaram ainda as dificuldades para chegar até os bairros que ficam apenas com duas possibilidades de chegar ao centro da cidade, pela avenida da Coacavo ou então pela rodovia Euclides da Cunha.

 

Além disso, até que os trabalhos terminem, os moradores precisarão pagar um pouco mais pelo serviço de mototáxi.

Leidiane Sabino

leidiane@acidadevotuporanga.com.br

 

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password