DER determina que empreiteiras façam correções na rodovia Euclides da Cunha

O Departamento de Estradas e Rodagens do Estado de São Paulo (DER) determinou que as empresas contratadas na duplicação da Rodovia Euclides da Cunha (SP-320) façam correções na pista.

A obra foi aditada e o prazo de entrega, que estava previsto para julho, será adiado por mais quatro meses. As despesas aumentaram R$ 22 milhões.

As melhorias e reparos ocorrem em todos os trechos, que totalizam oito lotes. Em Votuporanga entre os km500+500m e km523+200m da Rodovia Euclides da Cunha. A extensão total é de 26.300 metros, compreendendo o Lote 3. O contrato inicial foi aditado em 10,73% do valor inicial.

Em Valentim Gentil e Meridiano, entre os km523+200m e km546+180, com extensão total de 22.980 metros, compreendendo o Lote 4. O aditamento será de 5,18% do valor inicial contratual.

Nos municípios de Estrela D’Oeste e Jales, entre os km567+500m e km592+900, com extensão total de 25.400 metros, compreendendo o Lote 6. O contrato foi aditado em 8,22% do valor inicial.

Outros trechos ao longo da Rodovia Euclides da Cunha também vão receber melhorias e reparos conforme necessidade.

De acordo com a assessoria de imprensa do DER, análises estão sendo feitas em todos os lotes para saber se houve desgastes ou buracos no pavimento, após as obras de duplicação. Nos locais onde problemas foram encontrados identificados a correção já está sendo feita.

Atraso

Pela 4ª vez o Governo do Estado de São Paulo adia a conclusão das obras de duplicação da SP-320. Inicialmente estava previsto para novembro do ano passado. Em seguida o governo adiou para março, depois para julho e agora a obra foi aditada e tem previsão de e conclusão para novembro.

Por Karina Alves – Jornal

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password