Carlão pede mais policiais para a Zona Norte de Votuporanga

O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) reiterou o pedido de mais policiais militares para Votuporanga, em audiência com o coronel Azor Lopes da Silva Júnior, Comandante do Policiamento do Interior (CPI-5), de São José do Rio Preto, e com o major Pedro César Macera, comandante do 16º Batalhão da Polícia Militar de Fernandópolis, na tarde de sexta-feira. Carlão estava acompanhado dos vereadores Serginho da Farmácia (PDT), Edilson do Santa Cruz (PDT) e Pedro Beneduzzi (PV).

Carlão manifestou sua preocupação quanto aos índices de violência que vêm sendo registrados na cidade, com uma elevação acentuada nos últimos anos. “Nossa cidade cresceu muito, devido à vinda de grandes indústrias e usinas sucroalcooleiras e, além disso, teremos em breve a inauguração de mais três penitenciárias na região (Riolândia e Paulo de Faria). Em consequência, aumenta também o número de crimes, furtos, roubos e acidentes de trânsito”, destaca o deputado.
Em face disso, Carlão reivindicou a designação de mais policiais militares para os dois pelotões (1º e 2º) da cidade. O pedido foi reforçado pelo apelo dos vereadores, que explicaram ao coronel e ao major que a Zona Norte de Votuporanga tem, atualmente, aproximadamente 30 mil habitantes, o que corresponde a uma cidade do porte de Santa Fé do Sul. Entretanto, justificou Edilson do Santa Cruz, “temos apenas uma viatura da Polícia Militar fazendo ronda naquele setor da cidade”. Serginho, por sua vez, acrescentou que, para piorar a situação, o 2º Distrito Policial, que era no bairro, também foi desativado.
Na quarta-feira, os mesmos vereadores, com Carlão e o prefeito Júnior Marão, estiveram no Comando Geral da Polícia Militar em São Paulo, com o sub-coronel Leônidas, oportunidade em que foram informados que da nova turma de policiais, que se formaram na sexta-feira, 11 viriam para Votuporanga. Entretanto, o major Macera disse que serão apenas dez policiais e um para o setor administrativo, mas advertiu que não integrarão os pelotões de Votuporanga. “Esses dez policiais serão lotados em vagas nas pequenas cidades ao redor de Votuporanga, conforme determinação do Governo do Estado. O efetivo de Votuporanga está completo e não tem vagas”, asseverou. Ou seja, os novos policiais virão para a 3ª Companhia de Votuporanga, que abrange vários municípios, mas não para a cidade.
Para resolver a situação, atendendo à solicitação do deputado Carlão Pignatari, o coronel Azor disse que iria aguardar a designação dos novos policiais para a 3ª Companhia e, conforme a necessidade, deverá fazer alguns remanejamentos de vagas, para suprir a deficiência existente em Votuporanga. O major Macera explicou que, apesar do efetivo de Votuporanga estar completo, sempre há “buracos”, deixados por policiais que cumprem licença-prêmio, férias ou até mesmo cursos em São Paulo. “Por isso, é que os dois pelotões nunca estão com todos os policiais à disposição”.
Para Carlão, o remanejamento de vagas entre Votuporanga e algumas cidades da jurisdição da 3ª Cia. será uma solução salutar. “Temos que buscar soluções para oferecer segurança à população de toda a região de forma inteligente”, finalizou o deputado.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password