Depois de quase 20 anos, Justiça absolve homem acusado de matar carroceiro

Antônio Aparecido de Souza morreu após ser baleado, em novembro de 2006. Homem foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio simples, mas foi absolvido na quarta-feira (20) por falta de provas

Após quase 20 anos do crime, a Justiça absolveu um homem acusado de homicídio contra um carroceiro. O caso ocorreu no dia 3 de novembro de 2006, no bairro Dona Amália, em Araçatuba (SP), mas o Tribunal do Júri foi na quarta-feira (20).

O Ministério Público o denunciou por homicídio simples em maio de 2013. Conforme o documento, Antônio Aparecido de Souza consertava uma antena no telhado da casa onde morava, quando foi baleado.

A vítima foi atingida por vários disparos no peito, nas costas e nas nádegas. Ela foi socorrida a um hospital e passou por uma cirurgia de urgência, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã do dia seguinte.

Com a conclusão do inquérito, a Polícia Civil indiciou o acusado, que também foi reconhecido pela companheira da vítima como o atirador. Contudo, durante o Tribunal do Júri presidido pelo juiz Danilo Brait, ele foi absolvido por falta de provas. FONTE: g1

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página