De virada, Corinthians vence Palmeiras e reassume liderança

Paulinho, autor do primeiro gol

Após 14 rodadas, o Palmeiras perdeu a invencibilidade justamente diante do rival Corinthians, por 2 a 1, no Pacaembu. Os visitantes saíram na frente com gol de Marcos Assunção, mas sucumbiram no segundo tempo em dois gols relâmpagos de Paulinho e Márcio Araújo (contra) após faltas levantadas por Jorge Henrique na área. A vitória leva o Corinthians a 34 pontos, dois a mais do que o Palmeiras, contudo não necessariamente garante a liderança da competição, pois o São Paulo, que entrou na rodada na segunda colocação (31 pontos), ainda vai a campo neste domingo, diante do Mirassol e podultrapassá-lo nos critérios de desempate em caso de triunfo no interior.

Na primeira etapa, o Corinthians teve maior posse de bola, mas criou pouco. O Palmeiras marcou forte e teve as melhores oportunidades. Aos 9 minutos, Barcos apareceu livre para cabecear, enquanto a defesa pedia impedimento, mas a bola foi para fora. Aos 17, porém, os visitantes abriram o placar. Marcos Assunção recebeu de Valdívia e arriscou de fora da área, a bola desviou em Leandro Castán e ainda bateu no travessão antes de entrar. O Palmeiras ainda perdeu boa oportunidade com Valdivia que driblou Júlio César, mas adiantou demais a bola e bateu para fora.

Porém, logo no início da segunda etapa, o Corinthians se aproveitou de dois descuidos da defesa palmeirense para virar a partida, em bolas paradas. Aos 3 minutos, Jorge Henrique levantou na área e a bola sobrou nos pés de Paulinho que empatou a partida. Apenas três minutos depois, em novo cobrança de Jorge Henrique, Márcio Araújo tentou cortar bola que chegaria em Liédson e mandou para as próprias redes.

O Corinthians se animou e passou a dominar a partida. Aos 15, Sheik fez linda jogada pela esquerda e rolou para Jorge Henrique que bateu para o gol vazio, mas Juninho salvou quase embaixo das traves. Aos 19, Edenílson arriscou da meia-lua e obrigou Deola a fazer bela defesa. Isolado, Valdivia tentava criar, mas esbarrava na forte marcação do rival. O Corinthians passou a administrar a vitória, mas levou um grande susto aos 43. Marcos Assunção bateu falta na cabeça de Henrique, que cabeceou raspando a trave no último lance de perigo da partida. (Com agência Gazeta Press).

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password