Cúpula da CBF consultou Ricardo Teixeira antes de contratar Dunga

BRASIL – O nome de Dunga na seleção brasileira foi definido logo depois da decisão da dispensa de Felipão, dias depois da derrota para a Holanda na decisão de terceiro e quarto lugares da Copa do Mundo.

Mas houve uma pergunta: “se o Dunga é bom, por que foi demitido em 2010?” Para dirimir a última dúvida, a cúpula da CBF telefonou para o ex-presidente Ricardo Teixeira e o consultou. A resposta foi: “Ele é bom. Foi um erro dispensá-lo em 2010.”

A revelação foi feita por um dirigente da CBF próximo a José Maria Marin. Dunga é o primeiro treinador a conquistar cinco vitórias em seus cinco primeiros jogos desde João Saldanha, em 1969.

Saldanha estreou vencendo amistoso contra a seleção peruana por 2 a 1. Na sequência, ganhou novamente da seleção peruana por 3 a 2, da Inglaterra por 2 a 1, da Colômbia por 2 a 0 e da Venezuela por 5 a 0. O sexto compromisso registrou vitória sobre o Paraguai, em Assunção, por 3 a 0, pelas eliminatórias da Copa de 1970.

O ataque de Saldanha era melhor do que o de Dunga — 14 gols pró contra 12 gols pró. Mas a seleção que seria campeã mundial em 1970 sofreu quatro gols em cinco partidas, e a de Dunga não levou nenhum ainda. Hoje, o Brasil jogará em Viena contra a Áustria.

A última visita da seleção à capital austríaca aconteceu em 1988. Sob o comando de Carlos Alberto Silva, venceu por 2 a 0, com golaço de Andrade. Dunga já havia estreado na seleção, convocado pelo próprio Carlos Alberto Silva, mas não fez parte daquela convocação.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password