Cúmplice no assassinato de Camila é condenado a 9 anos

O cúmplice pelo assassinato da jovem Camila de Jesus Lopes, Rogério Schiavo, de 24 anos de idade, foi condenado pelo Tribunal do Júri da Comarca de Votuporanga a nove anos de prisão, pela participação no crime.

O brutal assassinato aconteceu no dia 26 de julho de 2012, na avenida Prestes Maia.

Rogério Schiavo foi condenado a 9 anos de reclusão em regime inicial fechado. Os jurados reconheceram a materialidade, a autoria, afastando a tese absolutória e também a qualificadora, desclassificando assim para homicídio simples. Além da pena, Schiavo foi condenado a pagar 50 salários mínimos de indenização à família da vitima.

O outro acusado pelo assassinato um jovem conhecido por “Renan”, hoje com 18 anos, responde pelo ato infracional de homicídio doloso (quando fica caracterizada a intenção de matar) duplamente qualificado, por ser menor de idade na época do crime.

 

O réu foi preso em novembro do ano passado, durante uma ação da Força Tática da Polícia Militar de Votuporanga, que “estourou” uma central do crime que funcionava em uma casa na rua Rio de Janeiro, entre as ruas Minas Gerais e Bahia, na região central da cidade. Karol Bianconi – A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password