Criança tem queimaduras após levar choque dentro de escola

Menino de 9 anos passou por cirurgia em hospital de Catanduva. Criança ficou grudada no quadro de energia e motorista ajudou a retirá-lo.

Um menino de 9 anos foi internado em um hospital de Catanduva (SP) depois de levar um choque no quadro de energia de uma escola municipal na terça-feira (29). A mãe registrou um boletim de ocorrência. A criança passou por cirurgia nesta quarta-feira (30) e está com queimaduras de segundo e terceiro graus.

Em nota, a prefeitura de Catanduva disse que o caso foi um acidente e que nunca apresentou qualquer problema envolvendo seus alunos. A nota diz também que a escola prestou todo o atendimento necessário (confira abaixo a íntegra da nota enviada pela prefeitura de Catanduva).

Segundo o que a mãe disse para a polícia, o filho e um amigo foram até uma sala na escola e, no corredor, tinha um quadro de energia que estava aberto. O garoto acabou colocando a mão no painel elétrico, levou um choque e ficou grudado no quadro. O amigo saiu correndo para pedir ajuda.

De acordo com relato da mãe à polícia, o motorista de uma van escolar ajudou a desgrudar a criança do painel e livrá-lo do choque.  A criança foi socorrida pelo Samu e levada para o hospital Padre Albino. O menino passou por cirurgia no hospital e os médicos vão avaliar se ele corre o risco de perder os dedos.

Confira a nota na íntegra:

“De acordo com a Secretaria de Educação, o que ocorreu infelizmente foi um acidente com um aluno da escola Municipal Santos Aguiar.

De acordo com a direção da escola, todos os alunos estavam saindo do prédio e os inspetores e docentes já estavam colocando-os nos ônibus, quando o aluno burlou a vigilância, desceu no andar inferior onde as salas já estavam fechadas e mexeu no quadro de força.

Diante do ocorrido a Diretora, que estava também acompanhando a entrada dos alunos nos ônibus, prestou todos os procedimentos necessários para o atendimento imediato do aluno, acionando o SAMU e os pais do aluno, em seguida acompanhou a criança até o hospital.

De acordo com o boletim médico do Hospital Padre Albino, o aluno teve queimaduras de terceiro grau, e está em procedimento. Passará por nova avaliação na sexta- feira (02).

Vale destacar que a escola com 34 anos em funcionamento, nunca apresentou qualquer problema envolvendo seus alunos.” G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password