Criadouros de Dengue são trocados por sorvete em escola

Alunos da escola municipal “Maria Martins Lourenço” levaram criadouros do mosquito e trocaram por um vale sorvete que foi distribuído no intervalo das aulas.

 

Sabendo que a dengue é uma doença de fácil transmissão e que há necessidade de propor uma mudança no comportamento da população em relação aos cuidados com os criadouros expostos ao tempo e a água acumulada, o Secez (Setor de Endemias e Zoonoses) vem realizando um trabalho de conscientização nas escolas do município com apresentação de um teatro e recolhimento de criadouros do mosquito.      

 

Nesta terça-feira, dia 08, os alunos da escola municipal “Maria Martins Lourenço” levaram criadouros do mosquito e trocaram por um vale sorvete que foi distribuído no intervalo das aulas. O objetivo dessa ação, conforme a integrante do setor de Comunicação, Informação e Educação do Secez, Adelice Silva, é trabalhar as informações sobre o mosquito aedes aegytpi e a dengue com as crianças. “Dessa forma os alunos podem orientar aos pais e fiscalizar os próprios quintais como forma de prevenção e controle do inseto, consequentemente diminuindo o risco de transmissão da doença”, explica Adelice.

 

Somente nesta ação foram recolhidos 141,5 quilos de criadouros entre: garrafas pet, recipientes plásticos, ferro, papelão e sacolas plásticas, além de 30 pneus. “Neste período de chuvas é muito importante toda população cuidar dos locais que são criadouros do mosquito da Dengue”, finalizou Adelice.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password