Coxa e Palmeiras ficam no empate e seguem mal no Brasileirão

Na ‘revanche’ entre Coritiba e Palmeiras, desta vez valendo um lugar melhor na parte de baixo da classificação do Campeonato Brasileiro, as equipes não passaram de um empate por 1 a 1 no Estádio Couto Pereira. Completamente desfigurado, o time paulista, comandado interinamente por Flávio Murtosa, chegou aos sete pontos e segue na zona de rebaixamento. Um ponto à frente, os donos da casa ficam com a 16ª posição.

O Verdão abriu o placar aos cinco minutos, com Patrik, que recebeu com liberdade após confusão na área e, de primeira, mandou para as redes. No segundo tempo, o Coxa partiu para cima com um esquema mais ofensivo e, aos 22 minutos, chegou ao gol com Anderson Aquino, depois de pressionar.

Na próxima rodada, o Coritiba encara o Bahia, domingo, no Estádio Pituaçu, em Salvador. Já o Palmeiras terá pela frente o Náutico, no mesmo dia, em partida marcada para a Arena Barueri.

jogoMesmo com o time bastante modificação, a equipe paulista conseguiu sair na frente no placar. Depois da confusão na área, o rebote sobrou com Betinho, que mesmo de mau jeito tocou para Patrik bater de primeira e estufar as redes de Vanderlei. Depois do gol, o Coxa passou a ter maior posse de bola, buscando espaço na defesa bem fechada. Aos 12 minutos, Rafinha recebeu de Ayrton e bateu forte, em cima da defesa.

O Coritiba mostrava certo nervosismo e errava demais. Aos 17 minutos, Éverton Costa recebeu passe açucarado e de forma bisonha furou, dando mais motivos para o torcedor pegar em seu pé. O Palmeiras respondeu com Fernandinho, aos 19 minutos, arriscando o chute depois de jogada de Mazinho, pela linha de fundo. O time da casa chegou a balançar as redes com Ayrton, aos 23, pegando rebote do goleiro, mas o árbitro anulou anotando impedimento.

A equipe paulista controlava bem a partida e não parecia sentir a falta de entrosamento. Postado de uma forma mais defensiva, apenas esperava os erros do adversário, que não eram poucos. Aos 31 minutos, Ayrton cobrou falta a meia altura e Bruno foi buscar, realizando boa defesa. O zagueiro Émerson tentou resolver com uma quase bicicleta, aos 40 minutos, nas mãos do goleiro. Na jogada mais perigosa da primeira etapa, Rafinha encontrou Everton Costa que, mesmo de cabeça enfaixada, testou para defesa de Bruno, no reflexo.

Coritiba e Palmeiras empataram nesta quinta

Depois do intervalo, o Coritiba voltou com Lincoln e Anderson Aquino, deixando a equipe com uma formação mais ofensiva. No entanto, a equipe coxa-branca seguia nervosa. Aos seis minutos, Ayrton foi lançado e, sem domínio, deixou a bola passar. Aos nove minutos, Rafinha recebeu na área com tempo para dominar, mas escolheu bater direto e perdeu uma ótima oportunidade.

 

Mais uma vez passando em branco, Éverton Costa saiu para a entrada de Thiago Primão sob as vaias do torcedor. Aos 18 minutos, Mazinho recebeu em velocidade, abriu espaço e chutou pela linha de fundo. Pressão paranaense aos 21 minutos. Ayrton cobrou falta no travessão, no rebote Anderson Aquino desviou em cima da defesa e, para finalizar, Pereira chutou sobre o goleiro Bruno.

O gol do Coxa estava amadurecendo até que, as 22, Rafinha levantou para Lincoln, que foi derrubado na área. O lance seguiu e Thiago Primão encontrou Anderson Aquino na área. O atacante quebrou seu jejum de gols e deixou tudo igual no placar. Aos 31, Obina entrou em campo para fazer sua estreia com a camisa do Palmeiras. Bruno evitou a virada aos 39, parando um petardo de Emerson. Só deu tempo para a expulsão de Pereira, aos 46 minutos. (gazeta esportiva)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password