Corpo de trabalhador assassinado é encontrado enterrado na própria residência

Ilustração

O corpo do trabalhador rural Francisco de Assis Abreu, 33 anos, foi desenterrado pela polícia na tarde de ontem, em Urupês.

A vítima foi morta com mais de cinco facadas na noite do último domingo, 24, e enterrada no quintal da casa que dividia com o assassino, o também trabalhador rural Geneilson Paulino Agostinho, 29 anos.

De acordo com a Polícia Civil, os dois trabalhadores dividiam o alojamento e na noite de domingo, após uma briga, o agressor conseguiu tomar o facão das mãos da vítima e o golpeou.

Agostinho confessou o crime e disse que enterrou o corpo na tentativa de ocultar as provas.

A polícia chegou ao local do crime após denúncia anônima. O acusado está preso na Cadeia Pública de Novo Horizonte e pode responder por homicídio e ocultação de cadáver. (Diário da Região)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password