Corpo de “Morinha” será sepultado às 9h de hoje

Vítima de homicídio saiu de casa para usar entorpecente e acabou se envolvendo em uma briga, que provocou a sua morte

Morival Pinto Moreira, de 34 anos, faleceu ontem, durante a madrugada, vítima de esfaqueamento, em Votuporanga. Era natural de Álvares Florence e teve seu último endereço a rua Francisco Bortolozzo 275, no bairro Jaboticabeiras. Seu sepultamento ocorrerá hoje, às 9h, no Cemitério e Crematório Jardim das Flores.

O caso

Mais conhecido como “Morinha”, foi morto por golpes de faca durante a madrugada, por Rogério Souza de Almeira, de 31 anos. Segundo informações da Polícia Militar, o homicídio foi descoberto por meio de uma ligação informando de que “Morinha” estava desaparecido de casa desde as 20h do dia 9, e outra ligação informando de que Rogério estava ferido por golpes de faca, sendo atendido no Mini Hospital Fortunata Germana Pozzobon, na região norte da cidade.

Com isso, a equipe da PM se mobilizou para atender a ocorrência. Uma viatura foi ao hospital e outras se deslocaram para o local que apontavam a ligação com o homicídio. A irmã da vítima relatou que “Morinha” havia saído de casa para usar entorpecente.

O autor estava junto com a vítima usando crack no bairro Jaboticabeiras. A briga começou porque um dos dois não quis dividir a droga com o outro, até que começaram a luta corporal na posse de uma faca. Rogério conseguiu esfaquear “Morinha” na região da nuca e do pescoço, provocando-lhe a morte. O autor também restou lesionado com alguns ferimentos provocados pelos golpes de faca.

Após o crime, Rogério conseguiu levar o corpo da vítima em uma estrada rural próximo ao bairro do Greco. A polícia ainda não sabe se o autor transportou o corpo sozinho ou se contou com a ajuda de J.C.M., de 53 anos, em um veículo Gol de cor prata.

O acusado foi procurar atendimento médico no hospital do Pozzobon e acabou detido. Ele assumiu o crime e indicou para os policiais o local onde matou “Morinha” e também onde havia deixado o corpo. No local do crime, a PM encontrou uma faca com o cabo quebrado, que possivelmente foi utilizada no homicídio.

A Polícia Técnico-Científica fez a perícia e apontará se o “Gol” tem participação no assassinato. Diante do fato, o autor e o suspeito J.C.M. foram detidos e encaminhados ao Plantão Policial, onde a ocorrência foi apresentada. Segundo a PM, o J.C.M. e a vítima são conhecidos nos meios policiais.

Paola Munhoz/Votunews

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password