Corpo de idoso desaparecido é encontrado queimado

Cerca de quinze dias após seu desaparecimento, o corpo do idoso Maurício Ramiro da Costa, de 68 anos, foi encontrado há pouco no final da avenida Raul Gonçalves Junior, em Fernandópolis.

Ele estava totalmente queimado e foi notado por uma jovem que caminhava nas proximidades, que sentiu o forte cheiro e foi conferir do que se tratava. Quando viu que era o corpo de uma pessoa, acionou a Polícia Militar, que compareceu ao local.

O corpo do idoso estava tão irreconhecível que familiares reconheceram-no somente devido ao sapato que ele usava. As queimaduras podem ter sido provocadas por populares, que sem perceber, atearam fogo em entulhos no local.

Maurício Ramiro da Costa estava desaparecido desde a manhã do último dia 2 de abril. De acordo com seu filho Emerson Costa, a companheira do pai, com quem ele vive há cerca de dez anos, relatou que Maurício saiu dizendo que iria a uma residência vizinha e voltaria em breve, mas não retornou.

A ausência prolongada do idoso Mauricio causou estranheza, foi quando os familiares começaram a procurá-lo por toda a cidade e região. A polícia também foi acionada para elaborar um Boletim de Ocorrência e a DIG (Delegacia de Investigações Gerais) investiigou o sumiço do idoso desde então.

Segundo a família, o idoso era portador de vitiligo (doença de pele) e pouco saía a pé em horários de sol, nunca tendo se ausentado de casa por tanto tempo.

Maurício tinha três filhos, era bastante conhecido e cultivava muitos amigos.Ele trabalhava como serralheiro ambulante e fazia pequenos fretes há muitos anos.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password