Corpo de caminhoneiro desaparecido é encontrado

O corpo do caminhoneiro Nivaldo Donizete da Silva, de 49 anos, que estava desaparecido desde a tarde de sexta-feira (9), foi encontrado na noite de domingo (11), em um canavial na zona rural de Guararapes.

Um funcionário de uma usina fazia o trabalho com uma colhedeira de cana, quando viu o corpo, e acionou a PM. Peritos do IC (Instituto de Criminalística) estiveram no local, realizando exames que auxiliarão nas investigações. Os laudos devem sair em até 30 dias.

O corpo do caminhoneiro foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) e, em seguida, será liberado aos familiares para velório e sepultamento.

CASO
Silva estava em um lava jato, em Araçatuba, quando recebeu uma ligação, pediu um papel e uma caneta emprestados para fazer anotações e deixou o local dizendo que tinha sido chamado para fazer um frete, sem informar para onde iria.

Pouco antes das 15h, ele enviou uma mensagem pelo whatsapp para a esposa, comunicando que atrasaria um pouco em virtude do serviço que apareceu de última hora, mas depois disso não fez contato.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, ele estava com um caminhão Volkswagem, que passou pelo radar da rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), no município de Rinópolis, às 18h16 de sexta-feira.

Às 7h57 deste sábado (10), o veículo foi flagrado por outro radar no quilômetro 26 da BR-163, no município de Guaíra (PR), a 230 quilômetros do Paraguai. Até o momento, o caminhão não foi localizado.

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso.

folha da região

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password