Corpo de Bombeiros ganha novas ferramentas e entrega piscina para treinamento

Evento contou com a presença de autoridades e empresários de Votuporanga; Além da inauguração, foram entregues mais seis desencarceradores

Na manhã de ontem, 28 de abril, o Corpo de Bombeiros de Votuporanga convocou as autoridades locais para fazer a entrega oficial da piscina de treinamento e novos equipamentos.

Na entrega, estiveram presentes vereadores, o chefe de gabinete, Pedro Estefanelli, integrantes do Febom (Fundo Especial de Bombeiros) e representantes das empresas que disponibilizaram verba para complementar os custos.
Segundo o Tenente Alex Brito, o dinheiro para custear tanto a compra, quanto a obra na piscina, foi viabilizado pela Justiça Trabalhista. “Em conversa com o Juiz do Tribunal Regional do Trabalho, JoséAntonio Gomes de Oliveira, ele havia me pedido para encaminhar ao mesmo um ofício, orçando tudo o que a corporação estava precisando” comenta.
Foi disponibilizado o valor de R$250 mil para a compra de equipamentos. “Com esse dinheiro, adquirimos seis novos desencarceradores, de dois modelos diferentes” disse. As novas ferramentas são usadas em casos de acidentes com vítimas presas dentre as ferragens, onde os aparelhos possibilitam realizar cortes na estrutura do veículo, facilitando e agilizando o trabalho dos bombeiros. “São poucas unidades em São Paulo que possuem aparelhos como esses, de fácil transporte, manuseio e que não apresentam perigos, visto que não existe risco de explosão” diz o tenente.
Para essa compra foram utilizados R$150 mil, sobrando ainda R$100 mil de todo o valor obtido, foi então que surgiu a ideia de fazer uma piscina para treinamentos na própria sede da entidade. Para a construção, ainda foi necessário o acréscimo de mais R$40 mil, que a empresa Fachinni dispôs à corporação.
“A piscina tem 25 metros, o que a caracteriza como uma piscina semi olímpica, tendo três raias, 1.40 de profundidade em quase toda sua extensão, sendo destinados aproximadamente 5 metros para treinos de mergulho, onde a profundidade é de 6 metros. Além do nosso próprio treinamento de salvamento aquático e condicionamento, já estamos usando essa piscina na formação de mergulhadores para bombeiros de todo o estado” conta o tenente.
O Capitão Regional dos Bombeiros, Renato Rodrigues Neves, anunciou ainda que “com todo o esforço da Fepom, civil, executivo, legislatório e judicial, mostramos o resultado para os superiores em São Paulo, onde nos foi dado recurso para terminar a obra inacabada do setor administrativo na sede do Corpo de Bombeiros de Votuporanga” disse. O capitão ainda afirmou que está sendo realizado um levantamento para saber qual será o valor destinado para a finalização desse projeto.
Neves ainda elogiou Votuporanga, enaltecendo a cidade como “símbolo de empreendedorismo, onde é notório o diferencial na maneira com que a sociedade recebe o trabalho destinado à ela. A verba com certeza já está sendo voltada a comunidade” comentou.

MAÍRA PETRUZ -Diário de Votuporanga

 

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password