Coronavírus Sem Fake nº 3: vacina contra gripe, doação de álcool em gel e bebida morna

Equipe técnica da Secretaria da Saúde esclarece informações falsas divulgadas nas redes sociais ou por aplicativos de mensagem

O Governo de São Paulo, por meio das Secretarias de Estado da Saúde e da Comunicação, tem atuado também no combate à desinformação sobre o novo coronavírus. A fim de orientar a população sobre quais ações adotar no dia a dia, Governo tem usado seus canais oficiais de comunicação para divulgar informações corretas e para desmentir notícias falsas a respeito do novo coronavírus e da Covid-19, nome da doença causada por ele.

Abaixo, veja mais três informações verificadas pela equipe técnica da Secretaria da Saúde.

1. É falsa mensagem sobre vacinação contra gripe por ordem alfabética

 

A campanha de vacinação contra a gripe, iniciada em todo o país nesta segunda-feira (23), é válida para todos os idosos acima de 60 anos. Além dos profissionais da saúde, idosos fazem parte do público alvo nesta primeira etapa da campanha. Em abril e em maio, a vacinação será ampliada para outros grupos.

São falsas, portanto, as mensagens que dizem que a vacinação em São Paulo será dividida por ordem alfabética. Todos os que forem desses grupos podem se vacinar nesta primeira etapa. Em caso de dúvidas, procure o serviço de saúde da sua cidade. A Secretaria de Estado de Saúde, em parceria com os municípios, fez uma série de recomendações a fim de evitar aglomerações.

A vacina contra a gripe não previne a COVID-19 (doença provocada pelo novo coronavírus), mas ela é fundamental para reduzir o número de pessoas com sintomas respiratórios nos próximos meses.

2. É falso link que indica doação de álcool em gel pela Ambev

 

 

Material compartilhado nas redes sociais e por celular com o título “Ambev – Retire seu álcool gel” é falso. O link usado na mensagem não tem relação com a empresa nem tampouco foi compartilhado por ela. A imagem compartilhada ainda escreve de forma errada o nome do produto. A forma correta é “álcool em gel”. Erros ortográficos e gramaticais grosseiros são alguns dos indícios de que mensagens são falsas.

Por meio de nota, a Ambev afirma que essa mensagem é mentirosa e adverte que pessoas mal-intencionadas estão usando a pandemia de COVID-19 para aplicar golpes cibernéticos.

“A Ambev esclarece que a produção de álcool em gel que está produzindo será doado para hospitais públicos municipais de SP, RJ e BSB, locais onde há mais casos da doença no momento”, diz a nota da empresa.

3. É falso que ingerir bebidas mornas contra COVID-19

 

 

Áudio de um homem que recomenda métodos de prevenção à COVID-19, como ingerir chás e sopas, traz conteúdo errado e falso. Até o momento não há remédios específicos nem vacina contra a doença causada pelo novo coronavírus.

“A temperatura do corpo humano é de pelo menos 36°C, assim, beber água a uma temperatura de 26 a 27 °C não traz benefício algum em relação à prevenção ou eliminação do Coronavírus (COVID-19), uma vez que no corpo humano o vírus tolera temperatura de pelo menos 36°C”, esclarece nota divulgada pelo Ministério da Saúde.

As recomendações de prevenção, da Secretaria da Saúde e do Ministério da Saúde, são, por exemplo:
– lavar as mãos com frequência, com água e sabão, ou higienizá-las com álcool em gel 70%
– ao espirrar, cobrir a boca e o nariz com um lenço descartável;
– evitar contato com pessoas doentes ou com sintomas de gripe e resfriado;
– evitar aglomerações;
– não compartilhar objetos de uso pessoal;
– ficar em casa em caso de sintomas (até que os sintomas desapareçam) e, principalmente, se for pessoa idosa com mais de 60 anos.

FONTE: Informações | Portal do Governo de SP

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mim Perdeu sua senha?

    Lost Password