Corinthians vence no adeus de Mano, mas terá que jogar 1ª fase da Liberta

Após 249 jogos, acabou na tarde deste domingo a segunda passagem de Mano Menezes no comando do Corinthians. O técnico se despede com vitória, mas o triunfo por 2 a 1 contra o Criciúma não garantiu ao Timão uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores de 2015.

Isso porque o Internacional venceu o Figueirense por 2 a 1, com um gol no último lance, e ficou com a terceira colocação do Campeonato Brasileiro de 2014. O Timão termina sua participação em quarto e terá que jogar contra Santa Fé, Junior Barranquilla, Once Caldas, Independiente Medellín ou Águilas, todos colombianos, na primeira fase do torneio continental.

Caso passe e não repita o vexame “Tolima”, o Corinthians irá para o grupo 2, onde terá a companhia de San Lorenzo (ARG), atual campeão, São Paulo, Danúbio (URU).

O JOGO
A torcida ainda entrava no estádio e o Criciúma já iniciava suas investidas. O Tigre foi dono das primeiras chances, principalmente pelo lado direito, e se aproveitou de certo nervosismo dos jogadores do Corinthians para assustar Cássio.

Guerrero respondeu pelo Timão e equilibrou as forças com boas oportunidades de gol. Viu uma bola sair pela linha de fundo, outra parar no goleiro Bruno e uma terceira explodir no travessão. A trave voltaria a atrapalhar o Corinthians quando Petros, livre de marcação, finalizou de dentro da área. A tensão do começo do jogo se transformava em contagem regressiva para o gol, que não demoraria a acontecer.

Ele não demorou. Renato Augusto roubou a bola de Maicon pouco atrás da grande área do Criciúma e deu início à jogada que morreu nos pés de Elias. O camisa 7 girou bem e finalizou com precisão para abrir o placar na Arena Corinthians. Um gol que, no momento, era o suficiente para colocar o Timão na fase de grupos da Libertadores.

O que poderia atrapalhar a missão do Corinthians era um gol do Criciúma e o Tigre chegou a balançar a rede de Cássio, mas, a arbitragem assinalou impedimento. Um erro grave que selou a vitória parcial do Timão e assim as equipes foram para o vestiário.

VAGA PARA A PRIMEIRA FASE DA LIBERTA

Como o jogo estava atrasado, os jogadores do Corinthians voltaram para a segunda etapa sabendo que o Figueirense abriu o placar diante do Internacional. Assim, até mesmo um empate garantia ao Timão uma vaga na fase de grupos da Taça Libertadores do ano que vem. Não contentes, os alvinegros buscaram o segundo gol e dar tranquilidade à torcida.

Tranquilidade era a palavra oposta do que sentia a torcida, após Cássio falhar feio e dar a Roger o gol de empate na Arena. No momento, um gol do Internacional ou até mesmo a virada do Criciúma viraria todo o quadro.

Simultâneas e igualmente eletrizantes, as partidas definiam minuto a minuto a vida de Corinthians e Internacional. Enquanto França era expulso e deixava o Inter com um a mais, Malcom perdia gol incrível. Enquanto o volante do Figueira ainda brigava contra o juiz, Guerrero, Danilo e Renato Augusto fizeram boa jogada e Fábio Santos colocou o Timão novamente na frente.

A vitória não adiantou. O Inter virou o jogo contra o Figueirense e Mano Menezes, mesmo vencendo, dá adeus ao Corinthians com uma vaga na traumática e preocupante vaga na primeira fase da Libertadores..

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 x 1 CRICIÚMA

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 6 de dezembro de 2014, às 16h30
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (SE)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Márcio Correia Dias (PA)
Público e Renda: 38.044 presentes/ R$ 2.753.362,50.
Cartões amarelos: Elias e Petros (COR); Barreto e Rafael Pereira (CRI).

GOLS: Elias, aos 26’/1ºT (1-0); Roger Guedes, aos 15’/2ºT (1-1); Fábio Santos, aos 26’/2ºT (2-1)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Anderson Martins, Felipe e Fabio Santos; Ralf, Elias, Petros (Danilo, aos 18’/2ºT) e Renato Augusto; Malcom (Jadson, aos 37’/2ºT) e Guerrero. Técnico: Mano Menezes.

CRICIÚMA: Bruno (Edson, aos 32’/1ºT); Maicon Silva, Iago Maidana, Joílson e Giovanni; Barreto, Rafael Pereira e Ricardinho (Douglas Moreira – intervalo); Roger Guedes, Gustavo (Gabriel, aos 36’/2ºT) e Lucca. Técnico: Luizinho Vieira.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password