Corinthians usa ‘guris’ contra o Bahia

“Os guris entraram bem. Nós temos de confiar neles”. A frase do goleiro Cássio, um dos principais jogadores do elenco, é uma demonstração de apoio aos jovens atacantes do Corinthians que entrarão em campo hoje em Salvador. O time precisa vencer o Bahia, a partir das 17 horas, na Arena Fonta Nova, pela 34ª rodada do Brasileirão, para continuar firme na briga por vaga na Libertadores. Malcom tem apenas 17 anos, enquanto Luciano está com 21. Os dois treinaram como titulares para o jogo. No banco de reservas, a opção para o ataque é Gustavo Tocantins, de 18 anos.

Essas são as alternativas que o técnico Mano Menezes tem em mãos para substituir o atacante Paolo Guerrero, artilheiro corintiano no campeonato, com 10 gols marcados. Guerrero foi convocado para defender a seleção peruana nesta nova rodada de amistosos data Fifa, assim como o atacante paraguaio Romero, o outro homem de frente do elenco corintiano. Dos três jovens atacantes que restaram para o jogo de hoje, Luciano é o que mais jogou e que marcou mais gols – são 15, que fazem dele o artilheiro do time na temporada. Mas tem tido dificuldades quando entra como titular. Ele é mais efetivo quando sai do banco de reservas e entra no segundo tempo.

Malcom é a principal promessa do Corinthians na atualidade. Chegou a virou titular do time, mas, depois da eliminação para o Atlético-MG nas quartas de final da Copa do Brasil, voltou à reserva. Agora, Mano Menezes resgatou o garoto, que só marcou um gol em 20 jogos com a camisa corintiana. Gustavo Tocantins tem menos rodagem entre os três e ainda não fez nenhum gol como profissional, mas mostrou bom aproveitamento nos trabalhos de finalização durante a semana. Num dos treinos, Mano Menezes chegou a escalar os três juntos, numa formação mais ofensiva. O meia Renato Augusto começa jogando e dará suporte à armação das jogadas, ao lado de Petros e Bruno Henrique – este último atua na vaga do volante Elias, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Na defesa, a baixa é o zagueiro Anderson Martins, machucado, o que abre espaço para Felipe. O Bahia terá várias mudanças. Para tentar salvar a equipe do rebaixamento, o técnico Charles Fabian – que assumiu o posto na última terça-feira, após a demissão de Gilson Kleina – afastou alguns nomes do elenco, promoveu retorno de atletas que não jogavam há meses e mexeu no esquema tático. Os volantes Léo Gago e Uelliton e o meia-atacante rio-pretense Branquinho vão treinar separadamente até o fim do campeonato. Já o lateral-direito Galhardo, sem jogar há sete meses, não só foi reintegrado.

 

Ficha técnica:

Bahia

Marcelo Lomba; Railan, Lucas Fonseca, Titi e Pará; Fahel, Bruno Paulista, Galhardo, Lincoln (Rafael Miranda) e Guilherme Santos; Kieza. Técnico: Charles Fabian.

Corinthians

Cássio; Fagner, Gil, Felipe e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Petros e Renato Augusto; Malcom e Luciano. Técnico: Mano Menezes.

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO). Local: Arena Fonte Nova, hoje, às 17 horas, com transmissão da Globo e Bandeirantes.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password