Corinthians ‘para’ São Paulo por cinco horas e comemoração é marcada por mudanças de planos

Após conquistar o mundo no Japão, o Corinthians desembarcou em São Paulo, na manhã desta terça-feira, e percorreu as ruas da cidade para comemorar o título ao lado dos torcedores alvinegros. A festa foi marcada por diversas mudanças no roteiro.
Sob o comando do capitão e “dono da taça” Alessandro, os campeões mundiais desembarcaram no Aeroporto de Cumbica por volta das 6h55, onde contou com a presença de cerca de 500 torcedores na base aérea. Até um Papai Noel estava no local.

Os torcedores foram impedidos de entrar no aeroporto e, por questão de segurança, os jogadores deixaram o local pela pista.
De Guarulhos, a delegação se dirigiu para o 2º Batalhão da Polícia Militar, na região central, onde encontrou, foi homenageada pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e ainda foi tietada por policiais. A chegada ao local foi rápida, já que o clube contava com um esquema especial e teve as principais vias bloqueadas para facilitar o trânsito.

ESPECIAL: Bastidores: Confira todos os detalhes da festa do Timão na capital FOTOS: Comemoração do Corinthians na chegada a São Paulo
Depois da visita ao batalhão, os jogadores do Timão subiram em um trio elétrico e iniciaram a carreata na Avenida Tiradentes. A comemoração foi comandada pelo cantor de pagode, Thiaguinho, que aproveitou para provocar o rival Palmeiras. Emerson Sheik era um dos mais animados do elenco e, por diversas vezes, assumiu o microfone e polemizou ao provocar o lateral-esquerdo Léo, do Santos.

Nas ruas, alguns fanáticos pediram para beijar a mão do goleiro Cássio, herói do time na final diante do Chelsea (ING). Outra cena curiosa foi protagonizada pelo volante Willian Arão. Um torcedor jogou um iPhone dentro do trio elétrico. O jogador pegou o aparelho, tirou uma foto da festa e arremessou de volta ao rap

Após uma mudança repentina de programação, o percurso terminou no Campo de Marte, por volta das 12h. O término foi antecipado, já que, no planejamento inicial divulgada pelo Corinthians, a festa estava prevista para passar ainda pela Praça Heróis da FEB e terminar no CT Joaquim Grava. Com a festa nas ruas encerrada, os jogadores desceram do trio e entram em dois ônibus.

Na chegada ao Centro de Treinamento, mais festa. Diversos jogadores (Paulinho foi o primeiro) deixaram o ônibus e foram comemorar nos braços da torcida. Sheik, por sua vez, levou a taça até o alambrado e deixou alguns torcedores tocarem nela.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password