Corinthians nega liberar Tite antes do fim do contrato

O diretor-adjunto de futebol do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, afirmou nesta segunda-feira que o clube não pretende liberar o técnico Tite antes do término do contrato (final de 2013). “Estamos muito contentes com o trabalho dele e é o nosso treinador pelo menos até dezembro”, afirmou Duílio Monteiro Alves.

A declaração do dirigente é uma resposta à notícia publicada pelo jornal Zero Hora, nesta segunda-feira, sobre o interesse da Inter de Milão em contar com o treinador na próxima temporada europeia, a partir do meio deste ano.
Segundo a publicação, o clube italiano procurou o treinador. Tite, que está em Caxias do Sul (RS), disse que não abriria negociação e solicitou ao clube que procurasse Gilmar Veloz, seu empresário.

O contrato de Tite com o Corinthians termina no final de 2013. E o próprio treinador, que está no clube desde 2010, vê este ano como último à frente da equipe. No entanto, o presidente Mário Gobbi já disse em diversas entrevistas que gostaria que Tite continuasse à frente do Corinthians por mais uma temporada, até o final de 2014.

O Corinthians não liberaria Tite no meio deste ano a menos que houvesse um acordo entre o técnico e o clube e pagamento de uma multa contratual, proporcional aos meses que faltariam para o fim do contrato.

No final do ano passado, antes da disputa do Mundial de Clubes, Tite também era um dos técnicos cotados para assumir a seleção brasileira após a saída de Mano Menezes.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password