Coordenadora do curso de Direito da UNIFEV apresenta trabalho na Georgetown University

Artigo sobre o Game “Lísias” foi um dos destaques do IV Encontro Mundial sobre o Ensino de Português; evento aconteceu em Washington, nos Estados Unidos

A coordenadora do curso de Direito da UNIFEV, Profa. Ma. Nínive Daniela Guimarães Pignatari, apresentou o trabalho sobre o game educacional “Lísias”, no IV Encontro Mundial sobre o Ensino de Português. O evento aconteceu entre os dias 7 e 8 de agosto, na Georgetown University, importante instituição de Ensino Superior, localizada em Washington, nos Estados Unidos.

A docente desenvolveu o projeto enquanto também coordenava a equipe de Educação a Distância (EaD) do Centro Universitário de Votuporanga. Segundo ela, o fato de o artigo ter sido selecionado para esse importante congresso internacional atesta ainda mais a excelente qualidade do ensino oferecido pela UNIFEV.

“O encontro é promovido, anualmente, pela American Organization of Teachers of Portuguese (AOTP), uma organização sem fins lucrativos, comprometida com a valorização e a promoção do ensino da Língua Portuguesa em diversos países. Participar de um evento dessa magnitude só comprova o quanto a nossa EaD se iguala em qualidade didática e inovação aos melhores projetos de educação a distância do mundo”, afirmou Nínive.

Game

Selecionado para o IV Encontro Mundial sobre o Ensino de Português, entre diversas propostas vindas de diferentes partes do mundo, o artigo “Ludificação no ensino da leitura e produção textual: Lísias” descreve a produção do jogo que integra o material do curso de Leitura e Produção Textual, oferecido aos alunos da UNIFEV.

De acordo com Nínive, o webgame desenvolve a capacidade de argumentação e amplia as competências para a leitura e a produção de textos, essenciais para o crescimento intelectual do estudante.

Para a docente, o jogo é importante para o letramento dos participantes, pois estimula a análise, a leitura crítica de textos e o reconhecimento das falácias (erros lógicos) comuns no processo de argumentação.

“O nível de dificuldade cresce a cada fase, requerendo escolhas, atenção e raciocínio. O trabalho inova ao agregar ludicidade ao ensino de conteúdos disciplinares, permitindo que o aprendizado ocorra de modo contextualizado e com prazer”, explicou.

O código do jogo “Lísias” foi elaborado em parceria com os colaboradores Eric de Oliveira Freitas, Bruno Bertoldo Colevati e Douglas Augusto Victorino Júnior.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password