Contratações temporárias movimentam o comércio

Para aqueles que esperam se recolocar no mercado de trabalho ou estão em busca do primeiro emprego, é um excelente momento

O Natal se aproxima e com ele o aumento nas vendas do comércio, lojas de Votuporanga se preparam desde o fim de outubro com as contratações. São 550 novas vagas lançadas no mercado com o objetivo de atender a demanda que é expressiva nesta temporada.

Para aqueles que esperam se recolocar no mercado de trabalho ou estão em busca do primeiro emprego, é um excelente momento. Os empregos são distribuídos em diversas áreas e setores, porém, a maior necessidade é no comércio de roupas e calçados.

Márcio Henrique Ramalho Matta, presidente da ACV (Associação Comercial de Votuporanga), conta que essa é uma época de números muito significativos. “Cerca de 50% dessas contratações temporárias poderão ser efetivadas. Inicialmente é feito um contrato de experiência e, caso o funcionário se destaque em meio aos demais, ele pode ser permanecer no quadro de efetivos”, disse.

Durante este período, o aumento nas vendas chega em 20% com relação aos números do ano todo, por isso, é preciso que os lojistas estejam preparados. Ramalho ressaltou que a temporada para alguns segmentos se estende após o mês de janeiro. “Algumas lojas fazem promoções e queimas de estoque com as mercadorias que sobraram, outras têm uma boa temporada também de janeiro a fevereiro, que é o caso das papelarias, com a volta às aulas”, relatou.

Edy Luis, diretor de marketing da loja Doidão, contou que foram realizadas oito contratações, mas que outras poderão acontecer. “O movimento tem aumentado e, se precisar, vamos contratar mais, caso o funcionário se destaque, ele passa a fazer parte do quadro efetivo das lojas Doidão, como aconteceu no ano anterior”, disse.

Para Fernando Alvito, proprietário das lojas Impress brinquedos e papelarias, os temporários já começaram, porém as contratações vão aumentar em janeiro. “Para nós, as compras de Natal são significativas, mas não o melhor resultado do ano. Por isso, contratamos um pouco agora e vamos deixar o restante para janeiro, com a volta às aulas, que é o nosso carro chefe”, contou. Da Redação A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password