Contran acaba com chances de sobrevida da Kombi

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) comunicou que não haverá excepcionalidade para nenhum modelo com relação a obrigatoriedade de airbag e frios ABS em todos os veículos no Brasil, acabando com as chances de sobrevida da Kombi, segundo informações publicadas nesta quinta-feira pelo jornal Folha de S.Paulo. Na terça-feira, quando foi confirmada a obrigatoriedade, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou que estudava abrir uma exceção para que a Kombi continuasse a ser fabricada mesmo sem a instalação de equipamentos de segurança.

 

​De acordo com o jornal, o Contran realizou uma reunião e ratificou  por unanimidade a resolução. A Folha afirma que antes de tomar a decisão, o conselho ouviu argumentos da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) em defesa da manutenção da Kombi. O principal argumento da indústria é que a desativação da linha de produção causaria cerca de 900 demissões, mas os conselheiros consideraram o número exagerado, devido a quantidade das Kombis licenciadas por ano – 22.521 em 2013.

 

Terra

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password