Contemplados recebem casa própria até setembro

As 442 casas do residencial Monte Verde foram sorteadas ontem, no Estádio Plínio Marin, na presença de autoridades e inscritos. A Prefeitura de Votuporanga e a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) também sortearam os nomes dos 422 suplentes.
Além do prefeito Junior Marão e vereadores do município, o secretário adjunto de Estado de Habitação, Marcos Rodrigues Penido, participou da solenidade, que começou às 8h terminou às 13h. O prefeito contou que a entrega das casas será entre o final de agosto e início de setembro.
“Chegando aqui, vi no olho de cada um o sonho da casa própria. O que o poder público pode fazer para ajudar as famílias, está sendo feito. Estamos conseguindo mais de R$5 milhões para investir na construção de mais de mil casas.
Votuporanga é privilegiada, pois este é o maior conjunto habitacional da CDHU na região de São José do Rio Preto e no final do ano começaremos a construção de mais 350 casas. Quem não conseguiu a sua hoje, não fique triste, pois faremos outras unidades habitacionais”, falou o prefeito.
“É razão de muita alegria e satisfação estar aqui nesta cidade. Momento de realização de um governo trabalhador e que sabe da importância da habitação”, disse o secretário Marcos Rodrigues Penido, que explicou ainda que o Estado de São Paulo é o único que põe recurso próprio do orçamento para a habitação.
“Os bancos fazem tantas exigências para o financiamento de um imóvel, que poucas pessoas conseguem, por isso, o Estado de São Paulo faz a sua parte”, afirmou o secretário Marcos Penido.
Estavam inscritas 6.615 famílias, das quais, 84% possuem renda mensal de até três salários mínimos. As famílias contempladas serão convocadas para a habilitação no dia 16 de julho, na Secretaria Municipal de Saúde, rua São Paulo, 3.741, Centro. Na ocasião, deverão comprovar os requisitos exigidos para participar do programa.
A CDHU está investindo R$22,9 milhões nesse empreendimento, localizado na avenida Augusto Aparecido Arroyo Marchi, próximo à Estrada Vicinal Nelson Bolotário. Os imóveis terão dois e três dormitórios, sala, cozinha, banheiro e 43,50m² e 52,36m² de área construída.
Eles serão entregues com as melhorias do padrão de qualidade da CDHU, que incorpora inovações como o terceiro dormitório, sistema de aquecimento solar, teto mais alto, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos nas cozinhas e banheiros, além de muros de divisa entre os lotes.
O prazo para quitar o financiamento é de até 25 anos. As prestações receberão subsídios do governo estadual, sendo calculadas de acordo com a faixa de renda de cada família. Assim, aquelas que ganham de um a três salários pagarão o equivalente a 15% dos rendimentos.  (Leidiane Sabino – A Cidade).

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password