Consumidor fica mais cauteloso por causa da inflação e inadimplência cai

Da Redação

Inadimplência do consumidor começa o segundo semestre em queda.

Em julho, o índice de falta de pagamentos caiu três e meio por cento, no menor resultado para o mês desde 2006.

Os dados são da Serasa, que aponta que o consumidor mudou de comportamento por conta da atual conjuntura econômica. É que a inflação dos últimos meses reduziu o poder aquisitivo das famílias e elas ficaram mais cautelosas e procuraram renegociar as contas atrasadas.

Em julho, o que mais diminuiu foram as dívidas não bancárias, que incluem cartões de crédito, financeiras, lojas e prestadoras de serviços, como operadoras de telefonia e companhias de energia elétrica. As dívidas com os bancos também caíram.

Já os cheques sem fundos e os títulos protestados foram na contramão e aumentaram.

No acumulado do ano, a inadimplência dos consumidores teve alta de quatro por cento, menos que no mesmo período de 2012.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password