Conselho Tutelar encontra adolescentes de clube de futebol em más condições em Bady Bassitt

 

Presidente de clube disse que trouxe garotos para Bady Bassitt sob conhecimento dos responsáveis. Adolescentes de 13 a 16 anos devem voltar para a casa dos pais.

Um relatório elaborado pelo Conselho Tutelar de Bady Bassitt (SP) denunciou a falta de higiene e insalubridade de um alojamento para adolescentes de um clube de futebol que treinavam para disputar um torneio regional.

Os nove adolescentes, com idades entre 13 e 16 anos, devem voltar para as casas dos pais em Campo Grande (MS) e Cuiabá (MT), de acordo com o juiz da Vara da Infância e da Juventude, Evandro Pelarin.

Os adolescentes foram levados a Bady Bassitt por Felipe Mendes, que afirmou ser presidente de um clube cuiabano chamado Real Sociedade. Em parceria com o ex-jogador de São José do Rio Preto (SP) Jorge Lima, ele trouxe os garotos para fazerem parte de um time de Bady Bassitt.

Segundo Felipe, ele morava com os menores no alojamento e as famílias dos meninos bancavam a estadia. “Os meninos estudam, têm acompanhamento médico e dentista aqui na cidade”, afirma o presidente do clube.

Segundo o juiz Evandro Pelarin, Felipe Mendes e Jorge Lima podem ser processados por exposição de menores à risco e pagar multa de três a 20 salários mínimos. Os pais dos meninos também podem ser responsabilizados pela situação.

Jorge disse à TV TEM que comprou beliches que seriam entregues ainda esta semana e que tinha autorização dos pais para manter os adolescentes no alojamento.

 fonte : G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

3 − três =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password