Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência aborda novos desafios

Iniciada na manhã desta sexta-feira, dia 13, a III Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, discutirá
o tema “Um olhar através da convenção da ONU sobre os direitos da Pessoa com Deficiência: novas perspectivas e desafios”.
A realização é da Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria de Assistência Social, e do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Comped), com apoio do Centro Social e da Unifev. Cerca de 100 pessoas, entre integrantes da sociedade civil e autoridades municipais participaram da cerimônia de abertura do evento, que está sendo realizado na sede do Centro Social.

Discursando na abertura do evento, Cláudia Cristina Dias Andrade, representando a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Juliana das Graças Conde Esteves, enfocou a importância do evento para o desenvolvimento do tema no município. “Os assuntos que serão levantados e a comissão que será formada nesta Conferência são imprescindíveis para melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência”, afirmou.

O vereador Osmair Ferrari falou do trabalho e do comprometimento do Conselho dos Direitos da Pessoa com Deficiência para com a sociedade e disse conhecer de perto as dificuldades. “Na minha família convivo com essa realidade, sei das dificuldades a serem enfrentadas. Melhorar a qualidade de vida dessas pessoas, assim como de toda a população deve ser um dos objetivos num evento como este”, contou o representante do legislativo.

O secretário municipal da Assistência Social, Egmar Marão Alfagali, representando o prefeito Junior Marão e a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Juliana C. Marão, colocou a Prefeitura de Votuporanga à disposição para conseguir viabilizar as questões voltadas à pessoa com deficiência. “Vemos aqui pessoas jovens e com mais experiência interessadas em contribuir com a solução de um problema complexo, para unir idéias e analisar o que pode e deve ser feito para melhorar a vida dessas pessoas”, frisou o secretário.

Ma abertura da Conferência, foi apresentado o livro “Curso de Libras”, pelo seu autor, o professor Adriano Wacamatsu Montes. Segundo ele, trata-se de um livro ilustrado, facilitando o aprendizado da linguagem brasileira de sinais, sendo indicado para profissionais que trabalham com este público, inclusive bombeiros, policiais, professores, médicos e demais interessados.  O livro está sendo comercializado a R$ 60. Em seguida, a professora Aline Lucia Baggio Montes, esposa de Adriano, proferiu uma palestra sobre o tema da conferência.

Conferência

A intenção é discutir os obstáculos e os avanços da Política Nacional para a Integração da Pessoa com Deficiência. Além disso, as ações de políticas públicas aplicadas às diversas áreas, como saúde, educação, esporte, trabalho, reabilitação profissional, segurança, acessibilidade e proteção social também serão abordadas. Ao final da conferência, foram eleitos os delegados para a Conferência Estadual. Os delegados têm a função de participar, auxiliar, acompanhar, votar ou vetar propostas de políticas públicas para pessoas com deficiência.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password