Concurso da prefeitura é mais concorrido do que medicina

O concurso público da Prefeitura de Votuporanga atraiu 1.232 candidatos para as 16 vagas. A maior concorrência foi para os quatro cargos de Peb 1 – professores de primeira e quarta séries. Nesta função, foram 179,5 pessoas por vaga.

A quantidade de candidatos por vaga é superior a registrada, por exemplo, no vestibular para o curso de medicina – que corresponde a 137 por vaga neste ano na Faculdade de Medicina e Enfermagem de Rio Preto (Famerp).

A jornada de trabalho semanal é de 32 horas. O salário é de R$ 2.167,23. Entre os requisitos estava curso de magistério com habilitação em pré escola ou licenciatura plena em pedagogia, com habilitação para a docência na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental.

Para o Peb 2 – professores de 5ª a 8ª séries, foram inscritos 178 concorrentes para cinco vagas (duas em educação artística/artes; uma para educação física e duas para inglês). A carga horária semanal é de 24 horas e o salário é de R$ 1.744,24. Os inscritos devem ter curso superior de licenciatura plena com habilitação específica em área própria ou formação em área correspondente.

Para os dois postos de supervisor de ensino, ao todo foram 75 candidatos, média de 37,5. São 40 horas semanais e o salário é R$ 3.918,26.

Para disputar o cargo, a pessoa deve ter licenciatura em pedagogia ou título de mestre ou doutor e possuir, no mínimo, oito anos de efetivo exercício em função do magistério, desde que exercido em escola devidamente autorizada e reconhecida, dos quais no mínimo dois anos no cargo de suporte pedagógico educacional ou direção de órgãos técnicos, ou ter, no mínimo, 10 anos de magistério.

Se inscreveram 261 pessoas o cargo de para educador infantil para cinco vagas, média de 52,2 por função. O vencimento é de R$ 1.893,71 para 40 horas semanais.

O candidato podia participar do concurso com inscrições para até dois cargos,sendo uma para cargo da classe de docentes e a outra para classes de suporte pedagógico ou auxiliar do magistério.

O concurso público será composto por três fases: prova objetiva, de títulos e avaliação psicológica. A prova objetiva e a entrega de títulos estão previstas para o dia 14 de dezembro.

Serão reservadas 5% (cinco por cento) das vagas oferecidas para o cargo às pessoas com deficiência, as quais estão inseridas no quadro do subitem 2.1, de acordo com o previsto no inciso VIII do art. 37 da Constituição Federal, no Decreto Federal n.º 3.298, de 20 de dezembro de 1999, e demais legislações pertinentes.

O ano letivo começa no dia 21 de janeiro para alunos das creches e dia 2 de fevereiro para os do ensino regular.

As creches estarão fechadas entre o período de 5 a 20 de janeiro, atendendo o que preconiza os órgãos que trabalham com o desenvolvimento infantil.

Andressa Aoki
andressa.aoki@diariodaregiao.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password