Compañia Nacional de Danza Contemporánea da Argentina se apresenta neste domingo na Concha Acústica às 20h30

Fórum Internacional de Dança segue até dia 3 de maio, com todas as atividades gratuitas

Em Votuporanga, o 11º Fórum Internacional de Dança do Estado de São Paulo (Fidesp) teve início com atividades formativas nas áreas de ballet clássico e música nos dias 23 e 24. O músico argentino, Guillermo Ceballos, ofereceu a oficina de sonorização e musicalização de espetáculos de artes cênicas, na Escola de Artes (antiga Biblioteca Municipal). E o workshop de dança aconteceu no Ginásio Mário Covas com turmas básicas e avançadas, na sala recém-inaugurada do Balé Municipal com a bailarina profissional da cidade de São Paulo, Andrea Thomioka.

Professora atuante no mercado de dança há 19 anos, tendo integrado o elenco do Balé da Cidade de São Paulo e da Cia Portuguesa de Bailado Contemporâneo, em Lisboa, Thomioka atualmente é coordenadora administrativa do FIT – Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto.

Por meio da apresentação de companhias nacionais e internacionais, os principais objetivos do Fórum Internacional são promover a discussão, pensamento e divulgação da dança; circulação de companhias pelo interior paulista; integração de escolas, grupos e artistas; valorizar o ensino, produção e profissionalização na dança; colocar em evidência propostas artísticas permanentes e de resultado consistente, como uma forma de incentivar a produção.

Neste sábado, dia 26, a programação é “Tributo”, com Zilda Arali e Júlio César Antonio (São José do Rio Preto e Araraquara – SP), inspirado nas linguagens da Pilobolus Dance e do The Momix Dance Company. Sem uma temática específica, este trabalho prioriza a visceralidade dos corpos, retratando a simbiose e a dependência entre os intérpretes durante o desenvolvimento da coreografia, com a música “Balada para un loco”, de Astor Piazzolla e Horacio Ferrer. O duo acrobático vai acontecer às 15h, no Instituto Federal, dentro da programação do Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre (FLISoL).

Segundo a secretária da Cultura e Turismo, Silvia Stipp, “é muito importante que a população tenha acesso a espetáculos que inovem e provoquem questionamentos. E a circulação em locais públicos permite justamente esta integração, valorizando a dança como expressão artística”.

A abertura oficial será domingo, dia 27 de abril, na Concha Acústica Professor Geraldo Alves Machado, às 20h30, com apresentação de “Rio Conmigo” e “Monte… Tierra Cautiva” pela Compañia Nacional de Danza Contemporânea, da Argentina. Todas as apresentações e atividades vão ocupar espaços públicos da cidade e são gratuitas.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password