Comissão julga improcedente denúncia contra vereador que agrediu advogado com cabeçada

Relator escreveu que o julgamento por falta de decoro tem conteúdo político e que não há motivos para o vereador perder o mandato por lesão corporal leve. Caso foi registrado em fevereiro de 2020, dentro da Câmara de Birigui/SP.

A Câmara de Birigui/SP votou nesta terça-feira (8) o relatório da Comissão Processante instaurada para apurar se o vereador Leandro Moreira cometeu quebra de decoro ao agredir com uma cabeçada o advogado Milton Walsinir de Lima.

O caso foi registrado em 11 de fevereiro, dentro da recepção da Câmara de Vereadores de Birigui. Uma câmera de segurança flagrou a agressão. 

De acordo com a decisão, a denúncia feita pelo advogado foi julgada improcedente. O relator escreveu que o julgamento por falta de decoro tem conteúdo político e que não há motivos para o vereador perder o mandato por lesão corporal leve.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password