Comerciante atropelada por motorista após confusão presta depoimento à polícia

Vítima Eliane Negrelli ainda está internada na Santa Casa de Araçatuba (SP). Depoimento durou 1h30.

A Polícia Civil ouviu na manhã desta quinta-feira (6) a comerciante que foi atropeladapor um motorista após uma confusão no depósito de bebidas dela, em Buritama (SP). O crime foi no dia 25 de agosto e o motorista está foragido.

vítima Eliane Negrelli ainda está internada na Santa Casa de Araçatuba (SP) após passar por cirurgias no quadril e joelhos. O depoimento dela durou uma hora e meia.

“Ela esclareceu que deixou a lanchonete aquele momento com objetivo de tentar impedir que ele entrasse com a caminhonete e atropelar vários clientes”, afirma o delegado Nilton Marinho.

O motorista Isac Alexandre Gaspar Pinto, que acelerou a caminhonete em cima da comerciante após ser impedido de entrar na distribuidora de bebidas, já teve a prisão decretada pela Justiça, mas está foragido.

“Para nós não há dúvidas que foi proposital o atropelamento. Ele viu sim a comerciante, como tinha várias pessoas lá dentro que não sabiam se corriam ou ficavam lá dentro”, diz o delegado.

Ela foi atropelada após uma confusão na loja. A câmera de segurança do depósito de bebidas registrou o momento em que o motorista se envolveu em uma briga. Uma mulher, apontada como esposa do suspeito, bate em outra cliente e, em seguida, eles vão para fora da loja. (Veja vídeo abaixo)

Depois, o homem tenta entrar novamente no estabelecimento, mas ao ver a porta trancada, Isac Alexandre Gaspar Pinto invade o local com o veículo. A comerciante que correu para fora acabou sendo prensada contra a parede.

De acordo com a Polícia Civil, Isac já tem passagens por receptação e lesão corporal. Agora, ele irá responder por tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil. A Justiça determinou a prisão temporária dele após pedido da polícia.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password