Com problemas em refeitório, alunos usam corredor

De acordo com o Centro Paula Souza, o local passou por vistoria técnica e serão feitos os reparos nas rachaduras das paredes

Estudantes da ETEC (Escola Técnica “Frei Arnaldo Maria de Itaporanga”) de Votuporanga, unidade rural, estão fazendo suas alimentações em um corredor improvisado. Isso, porque as paredes do local estão rachadas e trazem risco.

O vereador Osvaldo Carvalho esteve na escola e solicitou apoio à Câmara Municipal para reivindicar que o Poder Executivo Municipal busque recurso estadual ou parcerias objetivando a manutenção e reparos no refeitório da unidade.

Osvaldo contou que a situação no local de refeições é horrível. “Há telhas quebradas, risco de queda de outras delas, abertura nas paredes. Enfim, a estrutura está abalada e pode até atingir a cozinha”, contou.

Enquanto isso, para os estudantes foi destinado um corredor, coberto com uma lona para que façam suas refeições.

“Os alunos da Etec se queixaram das condições precárias e deteriorantes que se encontra o refeitório daquela instituição. Em decorrência dessa situação, pediram nossa intervenção junto ao poder público municipal para que este busque recursos do Estado ou estabeleça parcerias objetivando a manutenção ou reparos no espaço”, disse o vereador.

De acordo com a assessoria de comunicação do Centro Paula Souza, o refeitório do Prédio I – Rural da Etec Frei Arnaldo Maria de Itaporanga já passou por vistoria técnica e um orçamento foi elaborado para que sejam feitos os devidos reparos no local. O processo de licitação da obra está sendo elaborado pela Unidade de Infraestrutura da Instiuição. O prédio foi entregue em 2007. Leidiane Sabino/A Cidade

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password