Com Natal até no nome, agricultor transforma casa em atração turística

Mais de 1 mil visitam Natalino e Maria, em Araçatuba (SP), diariamente. Casa conta com presépios, piscina decorada e 28 mil luminárias.

Há sete anos, o agricultor Natalino Urias, de 67 anos, traz para Araçatuba (SP) um ponto turístico nesta época no ano. O local faz jus ao seu nome: todos os anos, ele abre as portas de sua casa, no bairro Umuarama, para recriar cenários de Natal. A mulher, coincidentemente, Maria, cuida para que tudo saía perfeito. Todos os dias, mais de mil pessoas de várias cidades do noroeste paulista visitam o local.

A tradição começou com os pais, de origem italiana, e que moravam na zona rural de Itápolis(SP). “Meu nome é Natalino, nome típico italiano e referência ao Natal. Já dá para perceber o quanto meus pais gostavam da data, não é? Eu era criança e via a decoração maravilhosa que meus pais faziam. Mesmo com poucos recursos, enfeitavam a casa toda, montavam presépios e ficavam muito felizes nesta época do ano fazendo tudo isso. Quando minha mãe morreu, decidi continuar a tradição. Tive a certeza que ela queria que eu fizesse isso”, conta Urias.

Ao se mudar para Araçatuba, o agricultor começou tímido, colocou três mil lâmpadas e fez um presépio na porta de casa. A decoração foi aumentando e hoje é composta por vários cenários e utiliza 28 mil luminárias decorativas. Ela começa a ser preparada um mês antes do Natal. O agricultor cuida da parte elétrica, enquanto a mulher, Maria de Lurdes, 67 anos, cuida dos objetos.

Logo na entrada, a decoração conta com uma carruagem e um cavalo, onde as crianças podem subir para tirar fogo. Logo ao lado, um carro de boi na verdade ostenta uma rena, que “leva” o Papai Noel e seus presentes.

As portas da casa foram abertas para receber os visitantes. Na piscina, a cascata d´água conta com um moinho iluminado. “Todos esses elementos me lembram da decoração que tinha na infância, na fazenda. É um jeito de nunca se esquecer de onde eu vim e incorporá-la na decoração moderna”, comenta Natalino.

A casa conta com três presépios, um deles ocupa um cômodo inteiro, que antes era só o quartinho da dispensa da casa. No local, são representados Maria, José, o menino Jesus e a ambientação de onde ele nasceu. “Ele é o mais simples, mas o que mais mexe com os visitantes. Já vi muitas vezes as pessoas entrarem no local em silêncio e saírem visivelmente emocionadas. É aqui que elas se lembram do verdadeiro sentido do Natal”, conta o agricultor. A casa pode ser visitada até o dia 31, das 20h a meia noite, na Rua Avenida Uruarama, número 832, no bairro Umuarama. A entrada é gratuita. G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password