Colaboradores participam de treinamento contra incêndio na Santa Casa de Fernandópolis

Nas últimas semanas, os colaboradores do Hospital de Ensino Santa Casa de Fernandópolis participaram de um treinamento especial com a finalidade de conhecerem os principais equipamentos e as técnicas de combate a princípios de incêndio.

Realizado anualmente pelo Hospital, nesta edição, a capacitação contou com a participação de 50 colaboradores, que foram instruídos pelo bombeiro Orlando Candeia Júnior sobre os equipamentos de emergência e o modo de conter as chamas.

Como ressalta a recepcionista Daniele Vieira, conhecer os dispositivos e saber como podem ser usados, faz toda a diferença. “Em todo o hospital temos diversos extintores e hidrantes. Com o curso, tivemos a oportunidade de conhecer melhor esses equipamentos, o que nos dá maior confiança e segurança em usá-los quando for preciso”.

Desde 2012 a Santa Casa passou por renovação em todo o sistema de prevenção a incêndios. Com o investimento de R$ 306 mil, em 2015 o Hospital concluiu a instalação do conjunto de hidrantes, composto de um reservatório de água de 30 mil litros, 13 hidrantes e mais de 500 metros de mangueiras, que possibilitam as primeiras intervenções em todos as unidades do Hospital e em um raio de 30 metros no entorno da Santa Casa.

Além destes, foram implementadas escadas e saídas de emergência, rotas de fuga, sensores e alarmes, que foram essenciais para as primeiras medidas do combate ao princípio de incêndio, que aconteceu em janeiro deste ano no setor de Radiologia da instituição.

Segundo a técnica de segurança do trabalho, Genilde Gonçalves, “o conhecimento sobre as técnicas e utilização dos equipamentos nos traz maior confiança para que possamos prevenir e até conter incêndios tanto em nosso ambiente de trabalho, quanto em nosso dia a dia fora do Hospital”.

“A preocupação das administrações anteriores em implantar esse conjunto de ações foi crucial para pudéssemos minimizar os riscos a nossos colaboradores e pacientes durante o incidente, registrado no início deste ano. Esperamos que não seja necessário acionar novamente nossos brigadistas ou utilizar os equipamentos, entretanto temos que estar prontos para enfrentar os incidentes que possam acontecer”, explica a provedora, Dra. Sandra Regina de Godoy.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password